Dívida do Flamengo é pessoal e intransferível

BRUNO VOLOCH: Como será o Flamengo sem o 12° jogador?

É hoje. Pena que ninguém poderá prestigiar a estreia do Flamengo na Libertadores. Castigo, diga-se de passagem, merecido.

O clube foi corretamente punido pelos dirigentes sul-americanos. Os episódios lamentáveis registrados no Maracanã no ano passado custaram caro ao Flamengo e o prejuízo pode estar apenas começando.

A Polícia Militar, quando do incidente, disse que quase 10 mil pessoas quebraram e invadiram as roletas.

Jogar sem o apoio da torcida evidentemente prejudica muito o time.

Time do Flamengo treinando no Ninho do Urubu - Foto: Gilvan de Souza
Mas o que fazer se foram justamente esses próprios torcedores, ou parte deles, que fizeram aquela baderna inacreditável na final da sul-americana?

E eles não param.

Só para fazer constar que alguns delinquentes destruíram 8 cadeiras do Nílton Santos recentemente num jogo contra o Madureira e apenas 4 mil pagantes no estádio.

Ficar sem o 12° jogador logo na estreia é ruim.

O River Plate, que vive um momento de instabilidade, pode sim se beneficiar.

O River Plate, que vive um momento de instabilidade, pode sim se beneficiar.



Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget