Flamengo aposta em artilheiro do Brasileirão 10 anos depois

IG: O Flamengo anunciou a contratação de Henrique Dourado na manhã desta quinta-feira. Assim, o clube volta a fazer uma política que foi usada por alguns anos no meio dos anos 2000: contratar quem tivesse sido o artilheiro do Campeonato Brasileiro no ano anterior. O "Ceifador" foi o maior goleador da competição nacional de 2017, com 18 gols. Ele chega para ser titular, já que Guerrero está suspenso por doping e Vizeu deve ter sua venda sacramentada para a Udinese em breve.

Entre 2003 e 2007, o Campeonato Brasileiro teve cinco artilheiros, já que nenhuma das edições tiveram mais de um goleador. Nesse período, o Flamengo contratou três deles para reforçar o seu ataque. Entretanto, nenhuma das transferências foram positivas para o clube.

Arte: Flamengo
O primeiro dos contratados chegou em 2004 para fazer parte de um setor ofensivo promissor, ao lado de Negreiros. Dimba veio do Goiás após marcar 31 gols no campeonato nacional, um recorde na competição até a época. Entretanto, o atacante anotou 14 gols pelo clube em uma passagem que durou apenas um ano. O atleta chegou ao rubro-negro em uma época complicada financeiramente, onde os pagamentos estavam atrasados. Com isso, gerou grande insatisfação dos companheiros. Na épca, o goleiro Júlio César declarou que "se tinham dinheiro para contratar Dimba, deveriam ter regularizado nosso salário".

O segundo foi Souza, que também foi artilheiro do Campeonato Brasileiro pelo Goiás. Ele chegou ao clube em 2007, após ter marcado 17 gols no ano anterior. Apelidado de "Caveirão", o jogador passou longe de repetir as atuações que o levaram ao time carioca. Ele marcou apenas 6 gols na competição nacional pelo Flamengo, e ficou marcado apenas por uma provocação ao Botafogo, quando marcou um gol e imitou um choro. O rival havia reclamado muito da arbitragem após a final do campeonato estadual de 2008.

O terceiro da lista é Josiel, que chegou ao clube em 2008. O atacante havia sido artilheiro da edição de 2007, com 20 gols. O “Jesus da Gávea” era apelidado pela sua semelhança física, não pela sua capacidade de fazer milagres. O atacante ficou seis meses sem balançar as redes após a sua chegada no clube. Deslanchou apenas no Campeonato Carioca de 2009, onde marcou 11 gols e foi o vice-artilheiro da competição. Entretanto, marcou apenas 2 gols no restante da sua passagem e foi dispensado, retornando ao Al-Whada, dos Emirados Árabes.

Henrique Dourado

10 anos depois, o Flamengo volta a contratar um atacante que foi artilheiro do Campeonato  Brasileiro do ano anterior. Henrique Dourado foi anunciado por R$ 11,5 milhões, sendo a maior contratação do clube na temporada. O atacante marcou 32 gols com a camisa do Fluminense em 2017.

Entre 2003 e 2007, o Campeonato Brasileiro teve cinco artilheiros, já que nenhuma das edições tiveram mais de um goleador.



Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget