Flamengo saca um volante e prova que a melhor defesa é o ataque

GOAL: Foram apenas sete jogos neste início de temporada, mas o suficiente para comprovar que o sistema defensivo do Flamengo melhorou em relação ao ano passado. No título da Taça Guanabara, a defesa foi o grande trunfo do técnico Paulo César Carpegiani que sofreu apenas um gol em toda a campanha.

E engana-se quem pensa que o Flamengo joga para se defender, o time está mais ofensivo do que na época de Reinaldo Rueda, mas não sofre tanto com as investidas dos adversários. Vale ressaltar que nas primeiras rodadas, o sistema defensivo foi formado por jogadores das categorias de base do clube.

Cuéllar, do Flamengo, sorrindo - Foto: Gilvan de Souza
Nos primeiros jogos, Matheus Dantas e Thuler foram os donos da posição, com Gabriel Batista no gol e em nenhuma dessas partidas o time foi vazado. O único gol sofrido pelo Rubro-Negro foi na semifinal, diante do Botafogo em um lance em que Réver, por conta de câimbras, desistiu da jogada e deixou Kieza livre para finalizar e marcar o gol Alvinegro.

Outro fato que deve ser destacado é que o Flamengo joga apenas com um volante de marcação, Gustavo Cuéllar. O colombiano tem a missão de proteger a zaga mas ganha a ajuda dos laterais que têm como prioridade fechar a defesa antes de auxiliar no ataque. Desta forma, Carpegiani consegue equilibrar bem a equipe e sofrer menos atrás.

Seja com Juan, Réver, Léo Duarte ou os meninos da base que entraram em campo, a zaga se comportou bem. No próximo dia 28, na estreia da Libertadores, o sistema defensivo vai ser posto a prova de verdade, já que o ataque da equipe argentina pode ser considerado de peso, mas a campanha até aqui da uma tranquilidade maior ao Rubro-Negro.

Ainda assim, a diretoria não desistiu da contratação de um zagueiro, depois das investidas em Pablo, o Flamengo analisa o mercado e apesar de não ter um alvo determinado, estuda algumas possibilidades. Mesmo com a intenção de dar espaço aos jovens, o departamento de futebol entende que precisa de mais um nome, tendo em vista a idade avançada de Juan, que deve se aposentar ao final da temporada e as lesões que Réver costuma ter ao longo do ano.

Outro fato que deve ser destacado é que o Flamengo joga apenas com um volante de marcação, Gustavo Cuéllar.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget