Flamengo vence na estreia de Varejão e chega à 9ª vitória seguida

GLOBO ESPORTE: A quinta-feira foi marcada por uma grande festa na Arena Carioca 1, no Parque Olímpico do Rio de Janeiro. Mais que um jogo válido pelo returno do Novo Basquete Brasil, foi a estreia de Anderson Varejão após 16 anos fora do país, entre passagens vitoriosas pelo Barcelona, na Europa, e Cleveland Cavaliers e Golden State Warriors, na NBA. Não podia ter sido de forma melhor. Desde o início, a torcida, que compareceu em peso, apoiou seu camisa 17 e os outros jogadores do elenco rubro-negro, e eles retribuíram com uma grande vitória sobre o Campo Mourão pelo placar de 92 a 69, chegando a nove jogos de invencibilidade no torneio nacional.

Com a vitória, o Flamengo chegou a 13 vitórias em 15 jogos e segue na liderança. O Campo Mourão é o 13º colocado com apenas três triunfos. O cestinha da partida foi Rhett, com 17 pontos, enquanto Varejão fechou com quatro pontos, cinco assistências e sete rebotes. Pelo Campo Mourão, o destaque ficou com César, que anotou 14 pontos.

Anderson Varejão em estreia pelo Flamengo - Foto: Staff Images
O jogo

O Fla tentou duas no ataque, sem sucesso, mas garantiu a posse com rebotes. Cubillan, em jogada individual, abriu. O venezuelano, como num replay da jogada anterior, fez de novo. Pastor fez de três. Hélio, fora do garrafão, virou para Campo Mourão. O Rubro-Negro falhava no ataque. Na defesa, o camisa 5 dos visitantes marcou mais uma vez, agora com bandeja. Olivinha fez o sexto ponto dos mandantes. Alemão deu o troco. O Fla parecia ansioso para definir no setor ofensivo.

Faltando 4 minutos para o fim da parcial, Neto chamou Varejão, ovacionado ao aquecer. Ele entrou no lugar de JP Batista. Marquinhos, sentindo dores no rosto, foi substituído e recebeu atendimento. Marcelinho já entrou acertando bola de três. Após passe do ex-pivô dos Warriors, cesta de três de Cubillan e jogo empatado. Em bloqueio do camisa 17, o venezuelano marcou de fora do garrafão outra vez. Em seguida, com bola espetacular de Varejão, Marcelinho fez de novo. Faltando poucos segundos, o número 4 retribuiu com linda assistência para Anderson marcar: 22 a 12.

Do 1º para o 2º quarto, Lucas Paquetá e Vinicius Júnior foram para a quadra com sócios-torcedores para arremessar bolas. O atacante que foi vendido ao Real Madrid acertou de primeira. Foi ovacionado. Seu companheiro precisou de duas, mas fez também foi aplaudido. O jogo recomeçou, e o Fla abriu com o americano Rhett. Em assistência de Varejão, Cubillan ampliou. Rhett fez mais duas vezes. Mathias contabilizou dois para o Campo Mourão, que ficou quase 3 minutos sem marcar na parcial. Marquinhos levantou o público com cesta certeira o lance de bonficação convertido. Faltando 6m40, Anderson foi para o banco descansar. Ele mudou a cara do Flamengo na primeira parcial e ajudou na primeira metade da segunda.

JP Batista voltou em seu lugar. Arthur Pecos entrou também. Alemão fez pelo Campo Mourão de bandeja. O Rubro-Negro não parecia o mesmo sem o estreante da noite. Mas não demorou muito para ele voltar. O camisa 17 entrou faltando 4m58 para o intervalo. Marquinhos, com bonita enterrada, marcou. Cesar respondeu. Novamente, o camisa 11 do Fla marcou os dele. Brown conseguiu a bandeja para o time paranaense. Marcelinho saiu para a volta de Ramon. Neto ficou com Varejão e JP na quadra. O segundo deu um tocaço em jogada dos visitantes. O camisa 13 ainda fez os dele no ataque. Depois foi a vez de Varejão dar uma assistência linda por baixo da cesta para Ramon acertar de três. O time da Gávea fechou com Cubillan convertendo um lance: 48 a 28. No intervalo, o goleiro Julio Cesar foi para o centro da quadra e foi muito aplaudido. Diego Ribas e Éverton Ribeiro também estavam no local assistindo o duelo.

O Flamengo voltou sem Varejão. Em chute curto, Hélio abriu para o Campo Mourão após o intervalo. Depois fez mais um em lance livre. Cubillan marcou dois, e Ramon fez de fora do garrafão. Cesar respondeu com três (cesta de dois pontos e lance livre convertido). Marquinhos, em linda jogada individual, fez o Rubro-Negro aumentar a distância. Faltando 4m30, o estreante retornou ao quinteto em quadra. No estouro do relógio da posse, Varejão marcou. Ramon fez mais dois. Em linda bola de Marcelinho, Rhett ampliou a vantagem. No fim da terceira parcial, ficou 71 a 48 para os mandantes na Arena Carioca 1.

No último quarto, mais uma vez Neto optou por começar com Varejão no banco. O outro pivô, JP Batista, foi quem abriu o placar. Mathias respondeu. O Campo Mourão melhorou em quadra. O locutor anunciou 3.948 torcedores presentes (2.477 pagantes e renda R$ 38.260,00), melhor público do Flamengo no campeonato, superando os 3.700 no clássico contra o Vasco da Gama. Cubillan, em dia com a mira calibrada, fez de três. Rhett repetiu o que seu companheiro conseguiu no lance anterior.

Mogi ganhou chance no quinteto em quadra. Brown diminiui a desvantagem para os paranaenses. Na raça, JP brigou e apareceu bem com cesta no garrafão. João Vitor entrou, e Varejão, usando uma camisa vermelha no banco, só observava. Rhett foi excluído do jogo, mas saiu muito aplaudido. Olivinha substituiu o gringo. Pecos levou falta, e o Fla chegou a 90 no lance livre. Em nova jogada individual, o camisa 23 partiu para cima, foi parado com infração e fez os dois lances. Os visitantes ainda marcaram na linha de lance livre. Mas não dava para mais nada. Fim de papo. Vitória do Flamengo por 92 a 69 em dia de festa por Anderson Varejão.

Escalações:

Flamengo: David Cubillan, Marquinhos, JP Batista, Ronald Ramon e Olivinha. Suplentes: Rhett, Mogi, Marcelinho Machado, Pilar, Anderson Varejão e Arthur Pecos. Técnico: José Neto.

Campo Mourão: Brown, Hélio, Pastor, Daniel Alemão e César. Suplentes: Lucas, Giano, Mathias, Wesley, Jamail, Solano e R. Biro. Técnico: Emerson de Souza.

Próximos compromissos:

A próxima partida do Flamengo será neste sábado, às 14h (de Brasília), contra o Paulistano, um dos rivais diretos na briga pelas primeiras posições do campeonato. A equipe de São Paulo é atualmente a vice-colocada, com 81,3% de aproveitamento, sendo 13 vitórias e três derrotas em 16 jogos. Novamente, as cadeiras de quadra estão sendo comercializadas pelo valor de R$ 100 (mais os R$ 10 da taxa de conveniência). As cadeiras normais ficam a R$ 10 para meias-entradas e sócios-torcedores (mais R$ 1 de taxa de conveniência), e R$ 20 (mais R$ 2 de taxa de conveniência) no caso das inteiras (confira como adquirir). O Campo Mourão pega o Mogi das Cruzes, no dia 5 de fevereiro, em casa, às 20h15.


O Flamengo chegou a 13 vitórias em 15 jogos e segue na liderança. O Campo Mourão é o 13º colocado com apenas três triunfos.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget