Gilmar diz que time do Flamengo não era ruim pra tomar goleada

GILMAR FERREIRA: É mais do que o jogo de futebol em si.

O acúmulo de competições exige hoje que o duelo seja também entre a melhor e mais eficiente estratégia logística.

Vejam esta declaração de Pep Guardiola no sábado, um dia antes de o Manchester City conquistar a Copa da Liga Inglesa.

Quase uma semana depois de seu time ser eliminado da Copa da Inglaterra pelo Wigan, clube que hoje disputa a terceira divisão inglesa.

Foto: Gilvan de Souza
"Quando as pessoas perguntam se podemos conseguir os quatro títulos, você precisa ter tudo a seu favor. Quando você não tem os seus laterais disponíveis, é mais difícil. Quando você joga a cada três dias, também. Kompany perdeu muitos jogos por lesão, Delph estava machucado. Quando você joga uma vez por semana, você consegue lidar com essas situações sem problema".

O City lidera a Premier e tem a classificação encaminhada para as quartas da Champions, mas Guardiola sabe o quão estratégico precisará ser.

Voltemos ao Estadual do Rio de Janeiro.

Flamengo e Vasco jogam a Taça Rio com a cabeça na Libertadores.

Fluminense e Botafogo usam o returno para finalizar e dar melhor índice de desempenho a times ainda em montagem.

E como nenhum dos quatro tem os recursos do clube inglês, apesar do superávit rubro-negro, ficamos aqui a julgar quem tem a melhor logística...

Está até interessante...

FLUMINENSE 4 x 0 FLAMENGO.

Carpegiani mexeu demais no time e trocou, pelo menos, seis jogadores se compararmos à formação que iniciou o 0 a 0 com o Vasco.

Aliás, registre-se: já era uma mescla de reserva e titulares.

Saíram César, Pará, Rodholfo, Renê, Everton Ribeiro e Lucas Paquetá.

Entraram Diego Alves, Kleber, Thuller, Trauco, Ronaldo e Marlos.

Ou seja: embora não fosse recomendável trocar quatro jogadores da defesa, sendo um deles o goleiro, não era para o time se exibir de forma tão ruim.

O Fluminense de Abel Braga passou por cima e foi do primeiro ao último minuto quem teve maior volume no clássico disputado em Cuiabá.

A discussão em torno deste jogo fica por conta do encaixe a cada dia melhor do time tricolor no desenho 3-5-2.

A marcação alta inibe a saída de bola adversária, e gera volume e intensidade.

Abel sabe e gosta de escorar seu jogo na evolução dos laterais e vem conseguindo bons resultados.

Não dá para creditar as goleadas nos últimos três jogos (13 gols marcados e nenhum sofrido) a isso ou aquilo, sem reconhecer os méritos do treinador.

PORTUGUESA 1 x 0 VASCO.

Zé Ricardo precisa mesmo apostar na construção de uma equipe alternativa para a Taça Rio e vai sofrer um bocado por isso.

Porque lá na frente o Vasco precisará ter reservas já testados para a disputa do Brasileiro.

É a lógica da nova ordem, principalmente com a extensão das competições da Conmebol _ Libertadores e Sul-Americana.

E, evidentemente, em função da limitação orçamentária do clube.

O amontoado que foi a campo ontem no estádio da Baixada foi de dar dó.

Mas necessário...

BOTAFOGO 1 x 0 CABOFRIENSE.

Alberto Valentim fez bem em remoçar a linha defensiva e hoje o Botafogo tem mais confiança e organização para construir seu jogo ofensivo.

A linha intermediária melhorou com Lindoso, Leo Valencia e João Paulo.

E a missão agora é fazer o ataque funcionar com um homem de referência que sai da área para tabelar, como Kieza.

O atacante gosta do jogo de velocidade e sabe descobrir espaços na pequena áreada _ tem três gols em três jogos.

Essa nova dinâmica está fazendo o time alvinegro andar.


Carpegiani mexeu demais no time e trocou, pelo menos, seis jogadores se compararmos à formação que iniciou o 0 a 0 com o Vasco.



Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget