Ilha do Urubu, o "caldeirão" que não deu certo

GOAL: O projeto do Flamengo com a Ilha do Urubu não deu certo, pelo menos até agora. Quando assumiu a reforma do estádio, o discurso da diretoria era que necessitava um local para evitar ficar pendente do Maracanã e da peregrinação que ocorreu no Brasileirão 2016. Com planos ambiciosos, o local, pode-se dizer, não caiu nas graças da torcida e nem mesmo da própria diretoria.

Os jogos mais importantes da última temporada, por exemplo, foram disputados no Maracanã, com capacidade bem maior do que a Ilha do Urubu, o maior lucro era algo certo. No entanto, as partidas menores, levadas para o estádio então reformado não foram um sucesso. A ideia do caldeirão até hoje não aconteceu e o clube vem acumulando prejuízos.

Ilha do Urubu, estádio do Flamengo - Foto: Divulgação
Seis mil, sete mil, foram públicos registrados em outubro do ano passado, três meses depois da inauguração, muito pouco se tratando da maior torcida do mundo. Este ano a situação piorou, pelo Campeonato Carioca, torneio que vem tendo cada vez menos apelo entre os torcedores, o Flamengo registrou um público de 4.589 presentes contra o Bangu e 4.045 contra a Cabofriense.

Se 2017 o ano não foi bom para o estádio recém estreado, 2018 parece que seguirá na mesma linha. Primeiro porque a CBF liberou a venda de cinco mandos de campo no Brasileirão, onde o Flamengo se mostrou o mais interessado, além da reaproximação do clube com o Botafogo, que abriu as portas do Engenhão.

A diretoria Rubro-Negra, inclusive, estuda a possibilidade de mandar seus jogos da Libertadores no estádio Alvinegro. O custo seria bem mais em conta que o Maracanã e a capacidade considerada excelente pelos cartolas, o Botafogo também se mostrou a ajudar a resolver os problemas de operação do sistema do sócio torcedor que não é compatível com o estádio.

Diante disso tudo, é possível perceber a Ilha do Urubu perdendo cada vez mais força, se é que em algum momento ela chegou a ter alguma força para o Flamengo.

Se 2017 o ano não foi bom para o estádio recém estreado, 2018 parece que seguirá na mesma linha.


Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget