José Neto avalia derrota do Flamengo: "Tem que servir pra algo"

O treinador falou de qual é o impacto do resultado para a continuidade do returno do NBB.

GARRAFÃO RUBRO-NEGRO: Por Enéas Lima

O Flamengo perdeu a invencibilidade como mandante na décima edição do Novo Basquete Brasil e saiu da liderança da competição nesse momento. Em entrevista ao blog Garrafão-Rubro-Negro, o técnico José Neto analisou o desempenho rubro-negro contra o Paulistano.

"É uma derrota que temos que sentir sim. É uma derrota que a gente sente por perder pela primeira vez como mandante, mas sabemos muito bem o que a gente quer. Estamos bem ajustados para aquilo que a gente quer. Não é por causa dessa derrota que temos que perder o foco daquilo que queremos. Claro que essa derrota tem que servir para alguma coisa. Servir para a gente evoluir e reparar os erros que a gente teve na partida como nos rebotes. A gente optou por fazer em alguns momentos e foi o que levantou o jogo uma defesa de pick and roll de troca pois o Paulistano estava castigando bastante a gente no pick and roll. Isso tirou o nosso equilíbrio e eles aproveitaram muito mais o rebote ofensivo com isso. Eles erravam, a gente fazia eles errarem, mas a gente acabou sofrendo com o rebote defensivo e isso fez com que eles tivessem uma oportunidade a mais de finalizar. E em um jogo tão junto como esse assim, com um placar tão curto, a gente sente não ter pegado alguns rebotes."

Foto: Divulgação
O treinador falou de qual é o impacto do resultado para a continuidade do returno do NBB.

"Não acho que é um sinal de alerta. Acho que a gente tem que saber e não podemos ter tantos altos e baixos assim durante o jogo, ter o controle maior para a gente ser regular. E que essa derrota nos sirva como uma lição nessa temporada com essa equipe. A gente tem que está bastante sólido em toda a partida para que a gente possa chegar aonde a gente quer chegar que é buscar o titulo da competição; A equipe teve um brio muito grande buscou um resultado que estava bastante adverso, a gente teve a oportunidade de ganhar na ultima posse, na verdade, foi a penúltima e a ultima posse. Tivemos oportunidade de passar na penúltima bola, defendemos e fomos para a ultima posse, não conseguimos finalizar. Fica uma lição para a gente, não um alerta. Pois em alerta estamos sempre, desde que começou o campeonato. Sabemos que é um campeonato duro e ninguém ganha de véspera e ninguém irá ganhar somente com o nome. Fica uma lição para que a gente possa trabalhar mais e seguir firme naquilo que a gente precisa para ganhar o torneio."

José Neto projetou os confrontos contra Joinville e Caxias do Sul na próxima semana.

"Serão dois jogos duros. Joinville teve duas derrotas duras agora nessa ultima rodada agora. O Caxias conseguiu uma vitória importante lá em Bauru e fez um jogo duro contra Franca. Primeiro temos que focar no Joinville que será o jogo mais importante que teremos agora para a gente voltar a vencer na competição. E depois pensamos no Caxias. O Caxias que é um adversário duro e é um time que está com bastante moral pelos resultados que estão tendo no campeonato."


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget