Lima é favorita a receber a primeira final única da Libertadores

GLOBO ESPORTE: A Conmebol decidiu: de 2019 a 2022, pelo menos, a Libertadores terá final em jogo único. E a principal candidata a receber a primeira decisão do torneio, no ano que vem, é Lima. Para o próximo ano, a decisão sobre quem sediará o evento será feita pelo Conselho da entidade. A partir de 2020, o órgão abrirá processo licitatório para que várias cidades se candidatem a abrigar a final.

A provável escolha por Lima tem três razões principais: boa localização geográfica, boa estrutura turística e a garantia de neutralidade. Em abril haverá reunião ordinária do Conselho em Buenos Aires, mas a oficialização de qual será a sede da final da Libertadores de 2019 pode sair em março, durante reunião do Conselho da Fifa, em Bogotá.

Foto: Divulgação
Para a sua primeira final no novo formato, a Conmebol busca um local neutro. Por este motivo, estádios da Argentina e Brasil foram praticamente descartados diante da grande possibilidade de que equipes dos dois países possam chegar à decisão.

Nas 58 edições anteriores, apenas sete vezes não houve uma final com times brasileiros ou argentinos. Por outro lado, somente duas vezes equipes peruanas decidiram a Libertadores: em 1972 o Universitario perdeu para o Independiente na final, e em 1997 o Sporting Cristal foi derrotado pelo Cruzeiro. As poucas chances de que uma equipe peruana chegue à decisão é um ponto favorável para que Lima seja a escolhida.

A boa estrutura turística da capital peruana também é um trunfo. Segundo um índice elaborado por uma operadora de cartões de créditos, Lima foi a terceira mais visitada na América Latina em 2017, atrás apenas de Punta Cana, na República Dominicana, e a Cidade do México. Um membro da Conmebol afirma que a “excelente conectividade aérea” da cidade é um atrativo.

Ainda não se sabe qual dos dois grandes estádios de Lima poderiam receber a decisão. O Monumental, que pertence ao Universitario, tem capacidade para 80 mil pessoas. Ao GloboEsporte.com, o clube diz que não foi procurado pela Conmebol. O Estádio Nacional, que pertence ao governo, recebe até 43 mil pessoas. É o local onde a seleção peruana manda a maioria de seus jogos.

Além da decisão em jogo único, a Conmebol também deve anunciar outras ações inspiradas na Liga dos Campeões da Uefa, como a eleição de um time ideal, com os melhores jogadores por posição, e o melhor jogador do torneio.

A provável escolha por Lima tem três razões principais: boa localização geográfica, boa estrutura turística e a garantia de neutralidade.



Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget