"O estado do Vasco era muito difícil", relembra diretor do Flamengo

COLUNA DO FLAMENGO: No último sábado (03), o diretor de futebol do Flamengo, Rodrigo Caetano, participou do programa de TV “Aqui com Benja”, da emissora Fox Sports. Durante a entrevista com o apresentador Benjamin Back, um dos assuntos citados foi a passagem do dirigente pelo Vasco, a qual ele relembra como ‘trabalho mais difícil da carreira’.

– Cheguei no Vasco pós-queda em 2009, foi uma tomada de decisão importante, porque deixei o Grêmio após 16 anos (12 como jogador e quatro como dirigente). Foi sem dúvidas o momento mais difícil da minha carreira, pela situação do clube. O estado que o clube se encontrava era muito complicado de se remontar. Dorival ajudou muito, porque tínhamos que trazer os atletas apostando na marca que é o Vasco.



Apesar das dificuldades encontradas com o time na série B, Caetano afirma que tem a sensação de ‘dever cumprido’ em relação a seu trabalho realizado no clube da colina.

– Foi uma situação difícil porque convidei atletas que chegaram no Vasco em janeiro e só receberam em março. O meu nome estava em jogo, minha credibilidade. Acho que conseguimos fazer um bom trabalho, apesar do momento.

Em 2018, o cartola foi procurado novamente pelo Vasco, tanto por Julio Brant, quanto por Alexandre Campello, novo presidente cruzmaltino. Nas duas investidas, Caetano afirmou que pretende cumprir o seu contrato com o Flamengo.

'O estado em que o Vasco estava era muito difícil remontar', diz Caetano sobre passagem pelo clube.


Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget