O Fla x Flu nas incoerências das eras da Ferj

Pelo combalido Campeonato Carioca o outrora majestoso FLA x FLU, que lotava o Maracanã, que parava o Brasil, foi disputado em Cuiabá e nesse jogo absolutamente desnecessário o Fluminense aplicou uma goleada memorável de 4 x 0.

- Alto lá! Nem era o time reserva do Flamengo, era um mescladão entre reservas, júniores, titulares.

- Vestia a camisa do Flamengo?

- Vestia.

- Então era o Flamengo.

Torcida do Flamengo na Arena Pantanal - Foto: Gilvan de Souza
Claro que era o Flamengo, que jogou com uma equipe alternativa, porque na próxima quarta-feira, tem pela frente o jogo mais importante do ano, até aqui, enfrentará o River Plate da Argentina pela Libertadores da América, agora sob os escombros, repito, do desnecessário Fla x Flu.

O apego a tradições superada forçou o jogo, que impôs um enorme prejuízo material e imaterial na marca Flamengo. Amanhã jornais e sites do mundo inteiro estamparão: FLAMENGO CAIU DE 4 PARA O FLUMINENSE.

Sem sombras de dúvidas, o prejuízo atingirá a FERJ e todos os filiados.

Os tempos são outros o charme deu lugar para a tecnologia. Tudo tem, começo, meio e fim. Fla x Flu em Cuiabá? Sem desmerecer os cuiabanos, mas Fla x Flu longe do Maracanã, nunca será um Fla x Flu.

Por incrível que pareça, a sonora goleada aplicada pelo Fluminense em nada engrandeceu o sofrível futebol Carioca, muito pelo contrário, basta ver as respostas da nação rubro-negra frente as necessárias zoações.

- Esse jogo não valia nada. Nosso jogo é na quarta-feira, é Libertadores!

A tempos o Campeonato Carioca perdeu o prestígio e o encanto. A tempos o Carioca atrapalha os representantes do Rio que se classificam para o mais importante campeonato do continente, só não ver quem não quer, a maneabilidade que os clubes cariocas fazem para atender as duas competições.

A quanto tempo o futebol carioca não é campeão na Libertadores?

A FERJ que tem como objetivo promover os seus filiados, tem que repensar o futebol carioca, e decidir o que é mais importante, jogos deficitários, sem público do carioca, desprestigiados nacionalmente, ou, ter entre seus filiados clubes campeões continentais? Lógico que a segunda opção laureia de honra e gloria todo o futebol do Rio. Enquanto a primeira diminui o futebol carioca a cada edição.

Para a FERJ parar de atrapalhar anos a fio seus filiados na Libertadores, sugiro algumas alternativas:

- Extinguir o campeonato carioca, antes que a célere decadência manche irreparavelmente o passado glorioso do charmoso estadual.

- Caso teimam em manter cambaleante carioca, no mínimo deveria garantir vaga nas semifinais do combalido carioca, aos clubes do Rio que se classificassem para competições internacionais.

Por Umberto De Sousa

A quanto tempo o futebol carioca não é campeão na Libertadores?



Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget