O primeiro grande teste para Varejão no Flamengo

BALA NA CESTA: Anderson Varejão estreou pelo Flamengo na quinta-feira e sua presença pode ser sentida logo nos primeiros minutos dele em quadra. Costumo dizer que o impacto do capixaba nunca pode ser medido pelas estatísticas mais cruas / simples do basquete (pontos, rebotes e assistências), mas sim por algumas das mais avançadas, como a do +/-, coeficiente que mostra quantos pontos no saldo teve o time enquanto ele esteve em quadra, ou sobretudo quando você o assiste bem de perto como fiz quando comentei pelo Facebook do NBB a partida contra Campo Mourão (vitória do Fla por 92-69).

Os bloqueios que Varejão faz para seus companheiros são incríveis (Cubillan converteu uma bandeja livre após o camisa 17 furar a marcação rival com TRÊS picks seguidos). A forma como ele se posiciona para os rebotes, também. A leitura de jogo para passes, espaçamento e antecipação para cavar faltas (conseguiu uma bem incrível no terceiro período), idem. Seus 4 pontos, 5 assistências e 7 rebotes dizem muito pouco. Seu +24 no +/- foi o segundo maior do time (+25 para Ronald Ramon) e o fato do rival ter conseguido 8 pontos nos 17 minutos em que ele esteve em quadra é bem absurdo. Ninguém joga, e bem, por mais de uma década na NBA à toa, né?

Anderson Varejão no Flamengo - Foto: Staff Images
A vida continua, e Anderson e o Flamengo têm hoje um rival e um duelo mais difíceis. Às 14h, com transmissão da Band, o rubro-negro abre a Arena Carioca I (média de mais de 2.600 pessoas nos seis jogos que fez por lá) para enfrentar o Paulistano em partida que vale a liderança do NBB. Com 14 vitórias, sendo nove seguidas, em 16 jogos, o Fla é vigiado logo de perto pelo time de Gustavo de Conti, que tem 14-3 e vem de 12 triunfos consecutivos (a última em Belo Horizonte contra o Minas na quinta-feira). Como detalhe, vale dizer que uma das duas derrotas do Flamengo nesta temporada foi justamente para o Paulistano. No primeiro duelo entre as equipes, realizado em São Paulo, o time alvirrubro fez 72-67.

Vale a pena ficar ligado no jogo que terá quatro atletas convocados por Petrovic para a seleção brasileira (Pecos e Varejão do Fla, e Yago e Lucas Dias pelo Paulistano) e que coloca frente a frente dois grandes técnicos – José Neto e Gustavo de Conti. A expectativa é também de casa cheia na Arena Carioca I neste sábado. Na estreia de Anderson foram mais de quatro mil pessoas. Em um sábado à tarde, é bem provável que este número seja aumentado.

Na estreia de Anderson foram mais de quatro mil pessoas. Em um sábado à tarde, é bem provável que este número seja aumentado.



Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget