Os pontos fracos e fortes do Flamengo em 2018

GOAL: O mês de janeiro já passou e o Flamengo tem apenas algumas semanas até a estreia diante do River, pela Copa Libertadores da América, competição mais importante para o clube durante ano. Antes, necessitando de um centroavante no elenco, o Rubro-Negro anunciou a chegada de Henrique Dourado, que ao que tudo indica, será o dono da camisa 9 da equipe na competição.

No segundo mês do ano, o Flamengo apresenta pontos positivos e negativos neste início de temporada, importantes serem avaliados para a sequência do ano e para a conquista de objetivos, o principal fator a favor do Rubro-Negro é o bom desempenho dos garotos da base, tanto Ronaldo, Paquetá, Vinicius Junior, Gabriel Baptista e Jean Lucas foram muito bem quando acionados quanto os mais novos e até menos experientes que eles.

Vinicius Júnior em Flamengo x Vasco - Foto: Gilvan de Souza
Com isso, Carpegiani poderá seguir mesclando o time no Campeonato Carioca e concentrando a equipe principal na disputa da Libertadores. Além disso, alguns dos citados acima poderão brigar por uma vaga de titular como Paquetá e Vinicius Júnior. Outro ponto positivo é que ao contrário dos rivais do Rio, o Rubro-Negro começou bem o Carioca e deu uma acalmada na torcida, que estava frustrada por tudo o que aconteceu em 2017.

O maior problema, porém, fica por conta do desempenho da diretoria na janela de transferências, diferente de outros momentos, o Flamengo não se saiu bem, levou várias negativas e com Dourado, por exemplo, acabou com a terceira opção que havia planejado para o setor, além disso, gastou mais de 11 milhões de reais na aquisição de certa porcentagem do passe do jogador.

Marlos Moreno e Julio Cesar, outros dois reforços, tampouco são nomes que entusiasmam, evidente que o goleiro é ídolo, mas chega em fim de carreira e com a ideia inicial de apenas encerrar o ciclo como profissional, o primeiro é uma aposta que veio por empréstimo num setor onde o clube nem ao menos necessitava de um nome por agora.

Outro ponto negativo é que o Flamengo continua com problemas nas laterais, algo detectado há algum tempo e que ainda não foi resolvido, o que pode acarretar em complicações ao longo da temporada. A venda de Vizeu, jovem promissor e que enfim estava preparado para assumir responsabilidades na equipe também não veio em boa hora, levando em consideração também que o valor foi considerado baixo.

Ainda sem ter o time titular definido, Carpegiani começará a dar forma as duas ideias com o elenco principal no próximo domingo(4), quando o Flamengo encara o Nova Iguaçu, pela última rodada da Taça Guanabara, em Brasília.

O Rubro-Negro anunciou a chegada de Henrique Dourado, que ao que tudo indica, será o dono da camisa 9 da equipe na competição.


Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget