Para Kleber Leite, Flamengo x Botafogo deveria ser em São Januário

KLEBER LEITE: Uma segunda-feira de definições, na cozinha e na sala.

A cozinha é o nosso Campeonato Estadual, onde caminhamos hoje, após longos debates, para ter Volta Redonda como palco para a semifinal, com pinta de final, entre Flamengo e Botafogo.

A pouca vergonha do que ocorre no Maracanã, que deveria ser o estádio do carioca que ama o futebol e, se transformou na casa da mãe Joana, com shows de rock e até de música sertaneja (????), maltrata o torcedor e obriga a que os dirigentes quebrem a cabeça para soluções paliativas.

Foto: Divulgação
Entendo perfeitamente o Flamengo não aceitar jogar no Engenhão. Decidir no campo do adversário? Convenhamos que, mesmo com a vantagem do empate, seria dar muita sopa para o azar…

Talvez, pela falta de hábito, não se tenha pensado em São Januário, que apresenta aspectos positivos. Campo neutro. Depois do Maraca e do Engenhão, o estádio com maior capacidade de público. Jogar sem precisar viajar. Com a saída de Eurico Miranda, mais confortável para a diretoria do Flamengo aceitar lá jogar. E, sem falar na oportunidade ímpar de se começar uma boa relação com a nova diretoria do Vasco.

Como já frisei, a “força do hábito de se usar o cachimbo, faz a boca torta”. Pela força do hábito, mesmo diante de um panorama novo, não se pensou nisso e, dá para entender.

Restou Volta Redonda, onde não se sabe o motivo, público e Raulino, não falam o mesmo idioma…

Enfim, o tempo curto para a decisão também pesou. Só não entendi o horário. Por que 16h30?

-

Na sala, isto é, no Campeonato Brasileiro, hoje na CBF, quando os clubes foram informados de que o “árbitro de vídeo” custaria 20 milhões de reais, desistiram no ato. Árbitro de vídeo, só na Copa do Brasil e, assim mesmo, só a partir da antepenúltima fase (quartas). Nesta reunião, um retrocesso. A grama sintética, que estava proibida, ganhou uma sobre vida. Agora, pode de novo. Até quando, só Deus sabe…

A outra decisão importante foi limitar – em cinco – o número de jogos que o mandante possa vender para outro estado e, proibir, faltando cinco rodadas para o encerramento do campeonato, que isto ocorra. Decisão perfeita que, desestimula qualquer malandragem.

-

E o Ceifador vem aí!!! Aliás, o Ceifador não vem. Vai, para Volta Redonda…

Campo neutro. Depois do Maraca e do Engenhão, o estádio com maior capacidade de público.



Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget