Renê é o pior de Flamengo 1 x 0 Nova Iguaçu

Não esteve tão inspirado no apoio ao ataque. Na defesa, teve trabalho nas divididas, mas se impôs.

LANCE: Que venha o Botafogo! O Flamengo conseguiu o gol nos últimos minutos, venceu o Nova Iguaçu neste domingo no Mané Garrincha, e terá o rival na semifinal da Taça Guanabara. O único gol da partida saiu com Rhodolfo, que acertou um chutaço de fora da área. O zagueiro recebeu a melhor nota em Brasília.

Veja, abaixo, as notas do LANCE! (avaliações por Vinicius Faustini).

6,0 - César - Foi mero espectador em boa parte do confronto. Mostrou segurança nos raros momentos em que foi necessário.

5,5 - Pará - Chegou a ter duas investidas de perigo ao ataque. No entanto, perdeu fôlego ainda na etapa final, e saiu no intervalo por cansaço.

7,0 - Rhodolfo - Teve ousadia e foi preciso na conclusão que garantiu a vitória do Flamengo, em partida na qual vinha oscilante em campo.

6,0 - Juan - Desdobrou-se para evitar os avanços adversários, mas conseguiu se impor na marcação.

Renê em Flamengo x Nova Iguaçu - Foto: Gilvan de Souza
5,0 - Renê - Não esteve tão inspirado no apoio ao ataque. Na defesa, teve trabalho nas divididas, mas se impôs.

6,0 - Cuéllar - Único volante de ofício na escalação, teve trabalho e até recorreu a faltas. Mas soube se impor e evitar investidas adversárias.

7,0 - Paquetá - Mesmo atuando mais recuado, não se omitiu: teve boa movimentação, deu passes perigosos e apareceu para concluir.

6,5 - Diego - Embora não estivesse muito inspirado, chegou a distribuir bons passes para as conclusões do Flamengo.

7,0 - Everton Ribeiro - Destacou-se pela boa movimentação, abrindo caminhos para tabelas e lançamentos perigosos da equipe.

5,0 Everton - Começou a partida como boa opção de ataque, mas caiu de produção com o decorrer da partida. Ficou isolado em alguns momentos.

6,0 - Lincoln - Mostrou garra e teve senso de colocação no jogo, mas pecou demais nos momentos em que teve chances.

6,0 - Rodinei - Aumentou o repertório de investidas do Flamengo. Porém, a equipe continuou a penar para concluir.

5,5 - Vinicius Júnior - Aclamado pela torcida, teve alguns lampejos. Porém, não conseguiu “incendiar” a partida como fez em outros jogos.

6,0 - Marlos Moreno - Entrou na reta final para aumentar o poderio ofensivo da equipe, e, além de chances, desdobrou-se na defesa.

7,0 - Carpegiani - Embora tenha pecado nas conclusões Flamengo fez uma boa partida diante do Nova Iguaçu, e indicou maior poderio ofensivo.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget