Segunda divisão do Japão é reduto de jogadores brasileiros

BLOG DO RAFAEL REIS: Quando Alex Muralha anunciou que deixaria o Flamengo, depois de um 2017 marcado por falhas e uma avalanche de críticas nas redes sociais, ninguém se surpreendeu. O mesmo não aconteceu quando foi revelado seu destino.

O goleiro, que até pouco tempo atrás fazia parte das convocações da seleção brasileira, não rumou para a Europa, nem sequer para uma liga de segundo escalão, como a chinesa e as dos países do Oriente Médio.

Desde janeiro, o ex-goleiro do Fla defende a camisa do Albirex Niigata, clube que disputa a J2 League, a segunda divisão do Campeonato Japonês.

Foto: Divulgação
O curioso é que Muralha terá, do outro lado do mundo, companheiros de time e também adversários que são bem conhecidos por aqui.

A temporada 2018 da segunda divisão japonesa terá a participação de 32 jogadores brasileiros. E dentre eles estão atletas com passagem por Vasco, Palmeiras, Cruzeiro, Chapecoense e Grêmio e até estrelas das seleções de base que não vingaram como profissionais.

O clã de brasileiros conhecidos na J2 League começa dentro próprio time do ex-goleiro do Fla. Além de Muralha, Albirex Niigata, que foi rebaixado da elite na temporada passada, conta também com o atacante Thalles, que até 2017 defendia o Vasco.

Já o Avispa Fukuoka se reforçou com o centroavante Túlio de Melo. Jogador com passagem por vários clubes da Europa, como Palermo, Valladolid e Lille, ele atuou no ano passado pela Chapecoense e foi o autor do gol que classificou a equipe para a Libertadores.

Outro homem de frente conhecido no futebol brasileiro que vai disputar a segundona do Japão em 2018 é Dinei. Ex-Vitória, Atlético-PR e Palmeiras, o jogador está no Oriente desde 2015 e defende o Ventforet Kofu, outro rebaixado da temporada passada.

Na equipe da região de Chubu, ele terá a companhia de Lins, atacante com passagem pelo Grêmio e que defendeu a Ponte Preta em parte do último Campeonato Brasileiro.

A segunda divisão do país-sede da próxima edição dos Jogos Olímpicos conta ainda com a presença que pintou nas seleções brasileiras de base como fenômeno, mas nunca conseguiu demonstrar todo esse potencial como profissional.

O já veterano meia-atacante Leandro Domingues, 34, que começou a carreira no Vitória e também defendeu Cruzeiro, Fluminense e Portuguesa, é hoje um dos principais nomes do Yokohama FC.


O clã de brasileiros conhecidos na J2 League começa dentro próprio time do ex-goleiro do Flamengo.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget