Sem público e com toda torcida do mundo


Chegou o primeiro Grande Dia da Temporada 2018. Com cenário estranho para o rubro-negro e comum para o estádio onde ocorre a partida, as arquibancadas vazias serão testemunhas silenciosas de mais um início de caminhada do Flamengo na principal competição de clubes do continente.

Acumulando algumas participações recentes desastrosas, e ainda sob o fantasma de toda a Nutellice Exacerbada demonstrada por todo o ano passado após a eliminação ainda na fase de grupos, o Flamengo conta com a manutenção do elenco, somada a uma maior participação da molecada vinda da base como os trunfos para uma participação épica nessa edição do torneio.

Torcida do Flamengo - Foto: Gilvan de Souza
Hoje é noite do país inteiro se unir na frente da TV. A Nação torcendo para e a Arcoirizada inteira iniciando os trabalhos contra que se estenderão, como de hábito, por todo o ano. Mesmo porque, principalmente para os antis falidos aqui do Rio, cada vez mais nossos pequenos tropeços são a única fonte de alegria fugaz.

O time NÃO DEVE ter muitas surpresas. O CAPS LOCK aí vem por conta da escalação peculiar de sábado, quando o “o que importa é o sistema e não os nomes” acabou dando lugar a uma esquisita formação com três volantes, e que acabou resultando naquilo lá que todos nós presenciamos.

Do lado de lá… Do lado de lá… Ocupando a vigésima posição, com míseros 19 pontos em 17 jogos no Argentinão, o River de Lucas Pratto vê na estreia uma oportunidade de dar uma amenizada na crise, que inclusive conta com derrotas nas últimas seis partidas realizadas fora de casa.

Estádio vazio por conta da imensa colaboração dada por alguns “apaixonados” rubro-negros da Noite de Crime de 13 de dezembro último, e que gera certa preocupação por conta de alguns movimentos aqui e acolá nas redes sociais, dando conta da intenção de manifestações de apoio do lado de fora do Engenhão.

Tirando nossas instáveis laterais, o resto do time inspira bastante confiança. Principalmente por conta das novas… Formação & Postura & La Intensidad impostas por Carpegiani. Ainda resta averiguar na temporada, e esperamos que não tenhamos oportunidade de verificar isso na noite de hoje, se a instabilidade emocional após sofrer gols, um dos principais problemas em 2017, já faz parte do passado.

Vai começar.

Bora torcer.

Isso aqui é Flamengo.

O Flamengo conta com a manutenção do elenco, somada a uma maior participação da molecada vinda da base como os trunfos.



Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget