Agência pede aumento na pena para Guerrero por doping

Ainda não há data para o julgamento, mas a equipe de defesa do jogador do Flamengo e da seleção peruana pressiona pela celeridade da audiência.

GLOBO ESPORTE: De volta aos treinos do Flamengo, Guerrero ainda tem obstáculos para voltar aos gramados. Em apelação entregue à Corte Arbitral do Esporte (CAS) no fim de fevereiro, a Agência Mundial Antidoping pediu aumento da pena ao jogador. Ao invés de um ano, prazo de punição na suspensão original - posteriormente caiu para seis meses no Comitê de Apelação da Fifa -, a Wada (sigla em inglês) quer dois anos de afastamento do atacante peruano.

O recurso da Wada será apreciado pelo CAS junto à defesa de Paolo Guerrero, que também entrou com nova apelação na Corte Arbitral do Esporte. Ainda não há data para o julgamento, mas a equipe de defesa do jogador do Flamengo e da seleção peruana pressiona pela celeridade da audiência com cartas, ligações e até pedidos de audiência em Lausanne, na sede do CAS na Suíça. Após a audiência, o resultado ainda pode demorar alguns dias.

Paolo Guerrero no Flamengo - Foto: Gilvan de Souza
Apesar da apelação da Wada, cobrando rigor das autoridades desportivas na Suíça, a defesa do atacante peruano - que conta com o espanhol Juan de Dios Crespo na equipe de advogados - segue confiante na absolvição do atacante. Os advogados do atacante veem no pedido pela pena de dois anos entendimento da Wada que o doping não foi intencional - nestes casos, com metabólico da cocaína em exames de atletas, o pedido é pela suspensão máxima. Ou seja, quatro anos fora das atividades esportivas.

Guerrero não joga há cinco meses

Guerrero foi suspenso por doping dia 3 de novembro - nos primeiros 30 dias, a punição era preventiva. Ele retornou aos treinos no Flamengo nessa terça-feira, dia 20 de março - como parte do protocolo de atividades permitidas aos atletas no mês e meio final (45 dias) antes do fim da suspensão de seis meses.

A última partida de Guerrero pelo Flamengo foi no dia 19 de outubro, contra o Bahia, pelo Campeonato Brasileiro. O Rubro-Negro venceu aquele jogo por 4 a 1 - Guerrero foi substituído por Paquetá aos 21 minutos da segunda etapa. O exame de Guerrero acusou doping após o empate por 0 a 0 contra a Argentina, em Buenos Aires, no dia 6 de outubro, pelas Eliminatórias da Copa da Rússia de 2018.

Inicialmente, Guerrero vai seguir programação especial sob avaliação constante dos preparadores físicos e fisiologistas do Flamengo. Aos 34 anos, Guerrero tem contrato com o Flamengo até 10 de agosto de 2018 - ele e o Flamengo negociam a extensão contratual até, pelo menos, o fim da temporada. O clube suspendeu o contrato de Guerrero de dezembro até seu retorno ao Flamengo neste fim do mês de março.

Contratado pelo Flamengo no meio de 2015, Guerrero tem 108 jogos pelo time da Gávea, com 42 gols - média de 0,38 por partida. Em 2017, ano de melhor marca na carreira, fez 20 gols (10 no Carioca, seis no Brasileiro, dois na Libertadores e dois na Copa do Brasil) em 44 jogos - média de 0,45 gol/jogo.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget