Carpegiani diz que era pra ser Manager, não treinador do Flamengo

Diretor ou treinador? Carpegiani releva como foi o convite de Rodrigo Caetano para ir ao Flamengo.

COLUNA DO FLAMENGO: Carpegiani foi cogitado no Flamengo, inicialmente, para ocupar a vaga de manager do clube. Entretanto, com a saída do colombiano Reinaldo Rueda, o ídolo rubro-negro ocupou, de imediato, a vaga de treinador. Estava dando certo até então, pois fazia um bom uso da base. Entretanto, os más resultados e o futebol fraco que vem apresentado pode fazer com que o técnico caia.

Em entrevista ao programa ‘Aqui com Benja‘, exibido no início da tarde deste domingo (11), na FOX Sports, o atual treinador rubro-negro falou que não sabe se teria a capacidade de fazer a função de coordenador técnico – manager – no clube em que foi campeão mundial.



— Eu não sei se teria a capacidade necessária para essa nova função, porque no meu entender, eu acho que todo clube deveria ter um cara deste tipo assim, uma pessoa vivida e com experiência. Tem muitos treinadores jovens e que estão surgindo, muitas vezes a impaciência acaba fazendo com que ele tenha uma saída prematura do clube. Então ele precisa estar bem aconselhado, bem assentado, para que ele possa desenvolver o trabalho, e em consequência disso ele tenha uma vida mais longa dentro do próprio clube. Claro que vai depender dos resultados, mas eu acho que tendo essas pessoas por trás de você, com capacidade, eu acho que esses treinadores, principalmente os iniciantes, teriam vidas mais longas nos clubes -, disse.

Com Carpegiani no comando, o Flamengo volta a campo na quarta-feira, 14 de março, contra o Emelec, em Guayaquil, no Equador. O clube equatoriano mandará a partida no Estágio George Capwell. O Mais Querido ocupa a primeira colocação no grupo com um ponto, seguido de River Plate, Emelec e Santa Fe.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget