Apesar de liderar média de público, Flamengo soma prejuízo com Bilheteria no Carioca

JORGE NICOLA: O Campeonato Carioca tem sido sinônimo de prejuízo para os quatro grandes clubes do Rio de Janeiro. Botafogo, Flamengo, Fluminense e Vasco contabilizam déficits pesados quando o tema é bilheteria. Já a Ferj (Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro), organizadora do torneio, faturou R$ 617 mil apenas com a retenção de 10% das rendas das partidas do quarteto.

O Botafogo é quem mais pagou para jogar. No total, já desembolsou R$ 1,4 milhão para cobrir as despesas dos seus seis jogos como mandante. Isso acontece porque a receita com a venda de ingressos não é suficiente para cobrir gastos básicos dos duelos, como polícia, ambulância, arbitragem, INSS…

Torcida do Flamengo no Kleber Andrade, em Cariacica - Foto: Staff Images
Depois do Botafogo, o maior prejuízo com bilheteria é do Flamengo, com R$ 979 mil. O Fluminense gastou R$ 379 mil, contra R$ 354 mil do Vasco. Já a Ferj banca os custos nos confrontos entre os pequenos, mas abocanha 10% da renda bruta em todas as partidas envolvendo grandes, mesmo aquelas que não são clássico.

Os déficits são consequência do baixo público no Campeonato Carioca – a média é de 2.203 pagantes por jogo, com taxa de ocupação de apenas 22% dos estádios. Desta maneira, o estadual do Rio é só o 11º em média de público no Brasil, atrás até de campeonatos como o Goiano e o Paraibano, que não contam com clubes na Série A do Brasileiro.

Enquanto registra lucro, em meio ao prejuízo de Bota, Fla, Flu e Vasco, a Ferj se eximiu de culpa para justificar os péssimos públicos na comparação com outros estaduais, conforme trecho de uma nota divulgada em seu site. “A crise por que passa o Estado do Rio de Janeiro. Crise de autoridade, de respeito, financeira; a falta de segurança em todos os níveis; o horário de muitas partidas; o preço dos ingressos; a falta de estádios; a ausência de ídolos; a qualidade de alguns elencos; o local do espetáculo; a falta de definição precoce do local de algumas partidas são algumas das variáveis que merecem atenção.”

LUCRO/DÉFICT NO CARIOCA:
– Ferj: R$ 617 mil
– Botafogo: R$ -1,4 milhão
– Flamengo: R$ -979 mil
– Fluminense: R$ -379 mil
– Vasco: R$ -354 mil

MÉDIA DE PÚBLICO:
– Campeonato Carioca: 2.203
– Flamengo: 6.739
– Fluminense: 4.793
– Botafogo: 4.200
– Vasco: 4.005
– Boavista: 3.557
– Nova Iguaçu: 3.306
– Volta Redonda: 1.826
– Goytacaz: 1.733
– Macaé: 1.504
– Portuguesa: 1.040
– Cabofriense: 885
– Bangu: 628
– Madureira: 581
– América: 235
– Bonsucesso: 220
– Resende: 186

Depois do Botafogo, o maior prejuízo com bilheteria é do Flamengo, com R$ 979 mil.



Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget