Edmundo faz críticas a Diego, do Flamengo: "Nunca foi decisivo"

O ex-atacante concluiu ressaltando o fato de que sempre que o Flamengo joga bem, os destaques da partida são outros jogadores.

COLUNA DO FLAMENGO: O ex-jogador e atual comentarista Edmundo Souza Neto afirmou que muitos torcedores e muitos da imprensa esperam o Diego Ribas de 2002, quando brilhou com a camisa santista. No programa Expediente Futebol, da Fox Sports, o ex-atleta frisou que Diego jogou em grandes clubes, contudo, afirmou que será difícil ver o meio-campista rubro-negro ter destaque, pois, na visão dele, a tendência é que o armador atue bem somente em ‘uma partida ou outra’.

— Em 2002, ele e Robinho encantaram o Brasil e foi para a Europa. Oscilou, boas e más participações, jogou em grandes times e outros nem tantos, como: o Atlético de Madrid, Juventus, enfim… nós ficamos com a memória daquele Diego que foi. Este que voltou está muito longe daquele e a gente está esperando e não vai ver. A gente vai ver ele jogar bem uma partida ou outra, mas só uma vez ou outra -, afirmou Edmundo.

Diego, capitão do Flamengo - Foto: Pedro Martins
O comentarista justificou sua opinião lembrando do fato que, segundo ele, o camisa 10 nunca foi decisivo. Edmundo prosseguiu afirmando que Diego nunca fez muitos gols, além de ter poucos desarmes. O ex-atacante concluiu ressaltando o fato de que sempre que o Flamengo joga bem, os destaques da partida são outros jogadores.

— Ele nunca foi decisivo e nunca teve uma característica decisiva, ele nunca criou muito, ele nunca fez muito gol, nunca desarmou muito, ele teve um período. Nos grandes momentos do Flamengo, quando o Flamengo faz jogos fantásticos, os destaques é Éverton, Paquetá, Vinicius Junior, raras vezes é ele -, concluiu o comentarista.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget