Enquanto grandes amargam prejuizo, pequenos lucram no Carioca

JORGE NICOLA: Muito jogo de várzea espalhado pelo Brasil tem levado mais gente aos estádios do que o Campeonato Carioca. Quer uma prova? Dezenove partidas do principal torneio estadual do Rio de Janeiro já tiveram públicos inferiores a 300 pagantes – e a conta não inclui as duas primeiras partidas do Vasco com portões fechados em São Januário, por falta de funcionários.

A falta de interesse do torcedor em relação ao campeonato é tão grande que a média de renda líquida é negativa: R$ 23.867,47. Isso quer dizer que, somando a arrecadação final dos 84 jogos já realizados na Taça Guanabara, na Taça Rio e no Grupo X – com todos os descontos habituais -, sobra em média para cada clube mandante um prejuízo de quase R$ 24 mil.

Foto: Divulgação
E, acredite, os clássicos ajudam a explicar tal rombo. Os quatro duelos com maior déficit reuniram os grandes. O empate por 0 a 0 entre Flamengo e Vasco, em 27 de janeiro, registrou prejuízo de R$ 457 mil no Maracanã. Outro 0 a 0, desta vez entre Vasco e Fluminense, na última quarta-feira, causou um rombo de R$ 372 mil. Destaque também para os R$ 344 mil de prejuízo no Flamengo 1 x 0 Botafogo e R$ 290 mil de Fluminense 0 x 0 Botafogo.

Por falar no Botafogo, o time de General Severiano pagou para jogar em todas as cinco partidas como mandante disputadas no Carioca. A consequência: o clube já desembolsou R$ 1,08 milhão para cobrir os prejuízos dos jogos no estádio Nilton Santos – a média de público do Bota é de 2.846 pagantes.

O Flamengo, time mais popular do país, também ultrapassou a marca de R$ 1 milhão com déficit de bilheteria. Apesar da média de 7.070 pagantes por jogo – a melhor do estadual -, o Rubro-Negro desembolsou R$ 1,06 milhão com os prejuízos de suas seis apresentações dentro de casa.

De acordo com levantamento do Blog, 31 partidas registraram prejuízo. Mas essa conta seria bem mais alta se alguns dos clubes pequenos não ignorassem no borderô despesas básicas. Todos eles só descriminam como despesas nos jogos contra outros pequenos a taxa da Ferj, os 5% de INSS e o seguro para o público presente.

OS 10 PIORES PÚBLICOS DO CARIOCA:
– Bonsucesso x Macaé: 94 pagantes
– América x Goytacaz: 111
– Bonsucesso x Resende: 123
– Resende x Goytacaz: 125
– América x Cabofriense: 131
– Resende x Macaé: 165
– Bonsucesso x Cabofriense: 170
– Bonsucesso x Goytacaz: 170
– América x Goytacaz: 185
– Bonsucesso x Goytacaz: 188

JOGOS COM MAIORES PREJUÍZOS:
– Flamengo x Vasco: R$ -457.785,04
– Vasco x Fluminense: R$ -372.738,51
– Flamengo x Botafogo: R$ -344.578,10
– Fluminense x Botafogo: R$ -290.082,52
– Flamengo x Madureira: R$ -282.091,89

TOTAL DE RENDA LÍQUIDA POR CLUBE:
1º Boavista: R$ 172 mil
2º Nova Iguaçu: R$ 103 mil
3º Goytacaz: R$ 74 mil
4º Bonsucesso: R$ 16 mil
5º Volta Redonda: R$ 14 mil
6º Resende: R$ 13 mil
7º América: R$ 8 mil
8º Cabofriense: R$ -3 mil
9º Portuguesa: R$ -5 mil
10º Bangu: R$ -6 mil
11º Macaé: R$ -10 mil
12º Madureira: R$ -30 mil
13º Fluminense: R$ -81 mil
14º Vasco: R$ -354 mil
15º Flamengo: R$ -1,06 milhão
16º Botafogo: R$ -1,08 milhão

O Flamengo, time mais popular do país, também ultrapassou a marca de R$ 1 milhão com déficit de bilheteria.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget