Enquanto rivais falidos babam-ovo da Ferj, Flamengo critica o Carioca

LANCE: O discurso dos grandes clubes do Rio de Janeiro se assemelha à postura da federação sobre o atual momento do Estadual. Embora ressaltem os valores vindos das transmissões, ninguém esconde que ainda há dificuldades para atrair o público de volta às arquibancadas.

- O Botafogo tem participado ativamente em reuniões da Ferj em prol desta maior atratividade no Carioca, apresentando sugestões de melhoria já para a atual edição da Taça Rio. De fato, a rentabilidade das bilheterias está abaixo do esperado, mas as cotas de televisionamento são importantes para o clube e os índices de audiência reforçam sua força televisiva - afirmou Nelson Muffarej, presidente do Botafogo, ao LANCE!.

Segundo o dirigente do Alvinegro, a tendência é de que a competição traga seus torcedores de volta.

- De forma construtiva, com engajamento de todos, temos certeza de que o Carioca estará sempre em destaque.

Foto: Divulgação
Presidente do Vasco, Alexandre Campello exige uma mobilização para que o Estadual voltar aos seus velhos tempos.

- Sempre fui favorável a um Carioca forte. Não me agrada esse esvaziamento que as pessoas tentam fazer do Carioca, talvez porque eu seja da época em que ia no Maracanã para ver jogo com 100 mil na arquibancada. acho que é um campeonato viável, rentável e precisamos trabalhar para melhorar o público nos estádios - afirmou.

O dirigente do Cruz-Maltino também se ampara nos valores que a televisão dá aos clubes para exaltar a competição.

- Ao analisar o carioca, ele é muito rentável. É o estadual com melhor resultado de audiência. Audiência é dinheiro. Há um numero maior de pessoas assistindo pela televisão, e isto aumenta o interesse dos patrocinadores. O patrocinador não quer saber se deu 5 mil ou 10 mil (de público no estádio), mas quando tem sua equipe jogando com TV aberta, aumenta o interesse do patrocinador.

O presidente do Fluminense, Pedro Abad, também mostra-se otimista com novidades nos estádios, devido à busca por alternativas feita por Ferj e clubes.

- O Estadual é rentável, já que os clubes recebem uma significativa cota de televisão. A questão da média de público tem sido objeto de estudo por parte da própria Ferj que, junto aos clubes, busca alternativas para crescimento da atratividade da competição - disse.

Já a postura do Flamengo diverge em alguns pontos de vista dos seus rivais nas quatro linhas. Em entrevista ao LANCE!, Eduardo Bandeira de Mello faz críticas à organização da competição, e deixa um alerta.

- O Campeonato Carioca está muito mal planejado. A gente precisava ter um modelo que desse maior atratividade até o final. No momento, o que vemos é um público muito fraco. As partidas que vêm rendendo mais para nós são as de fora do Rio de Janeiro, por conta de termos torcedores em outros locais interessados em ver a equipe jogar.

Já a postura do Flamengo diverge em alguns pontos de vista dos seus rivais nas quatro linhas.



Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget