Estadual foi a gota d’água que afogou o Flamengo

ESPN FC: Por João Luis Jr.

Por mais que vá ser essa a chamada da maior parte dos portais e a capa da maior parte dos jornais, Rodrigo Caetano não foi demitido por conta da ridícula derrota dessa quarta-feira para o Botafogo, quando conseguimos ser eliminados na semifinal do já bastante deprimente Campeonato Carioca por uma equipe de investimento significativamente mais baixo e cujo desempenho esportivo nessa temporada envolve ser eliminada da Copa do Brasil por um time da 4ª Divisão.

A queda de Rodrigo Caetano, que começou sua trajetória no Flamengo no fim de 2014, foi um lento processo que envolveu desde problemas na montagem de elenco – por que não temos laterais? como Vaz e Márcio Araújo duraram tanto tempo na Gávea? quem é Marlos Moreno e será que os pais dele sabem que está fora de casa tarde da noite? –, até questões sobre postura e espírito competitivo que nos levaram a ver um Flamengo que lidava com eliminações como se elas fossem rotina e, mesmo montando times que teriam a obrigação de brigar pelo Campeonato Brasileiro, comemorava classificações apertadas para a Libertadores como se fossem título mundiais.

Rodrigo Caetano e Carpegiani - Foto: Gilvan de Souza
Tudo isso era culpa do executivo de futebol ou mesmo estava diretamente ligado à sua atividade? Claro que não. Caetano não escalava a equipe, não entrava em campo e seria injusto responsabilizar um dirigente pela narcolepsia de William Arão que impede o volante de ficar acordado dentro de campo. Mas Rodrigo Caetano era o nome mais visível de um departamento de futebol que cometeu diversos erros de avaliação, não soube gerar no grupo rubro-negro uma postura vencedora e que coroa sua trajetória com a demissão de Carpegiani, um técnico que nem havia sido contratado para ser técnico, uma demonstração bem clara do quão sem rumo a atual gestão esportiva do Flamengo se encontra.

E ainda que a saída do dirigente já fosse há tempos pedida pela torcida e talvez o ciclo dele na Gávea precisasse mesmo ser encerrado, o cenário para o futebol nessa temporada segue bem distante de oferecer qualquer razão para otimismo. Faltando 20 dias para o Campeonato Brasileiro, no meio de uma Libertadores em que estamos em um dos grupos mais complicados, o Flamengo se encontra sem treinador, precisando começar do zero um trabalho para a temporada, diante de um mercado sem opções que encham os olhos e com um elenco que segue sem justificar o investimento realizado.

Que técnico seria capaz de oferecer o choque de motivação que uma equipe desorganizada e vagamente depressiva como a do Flamengo parece precisar hoje? É hora de Cuca, um treinador de triunfos recentes mas com um passado frustrante na Gávea? Devemos buscar novamente uma solução estrangeira mesmo cientes de que ela provavelmente vai nos abandonar em 3 meses para treinar alguma seleção aleatória? É mais uma vez a hora do interino e vai ser o treinador do sub-20 que vai colocar o profissional nos eixos? Treinador é um luxo e o que esse grupo do Flamengo precisa é de um eletrochoque, de umas palestras motivacionais do Ronaldo Angelim, do Junior Baiano com um porrete passando a noite na concentração?

É complicado afirmar a essa altura. Mas está claro que um ciclo chegou ao fim no futebol do Flamengo, um ciclo com problemas bem claros e definidos, e que os próximos passos da diretoria precisam reconhecer esses problemas e buscar profissionais e posturas que sejam capazes de resolvê-los. Rodrigo Caetano e Carpegiani não vão deixar saudades, mas não são suas saídas que vão resolver os problemas do Flamengo e sim a capacidade da diretoria de escolher de forma correta os seus substitutos.

Tudo isso era culpa do executivo de futebol ou mesmo estava diretamente ligado à sua atividade? Claro que não.



Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget