Flamengo recusou aumento salarial a Felipe Vizeu

GLOBO ESPORTE: Fim de 2017. Artilheiro da Sul-Americana – com cinco gols e participação importante na reta final, sem Guerrero -, Felipe Vizeu termina o ano em alta depois de jogar pouco durante toda a temporada. Ainda distante da venda para a Europa, mas com sondagens do mercado internacional, os agentes do jogador pedem à diretoria do Flamengo aumento salarial.

O tempo passa e o aumento não vem. Às vésperas de viajar para Guaiaquil, já negociado com a Udinese, Vizeu procura o departamento de futebol. O clube, então, comunica na segunda-feira que o jogador alegou razões pessoais para não viajar a Guaiaquil.

Felipe Vizeu - Foto: Gilvan de Souza / Flamengo
As questões pessoais alegadas para a dispensa de Vizeu da delegação que viajou ao Equador passam pela discussão contratual, razões pessoais (o jogador postou foto da mãe que precisou ser hospitalizada com pressão alta pela segunda vez nas últimas semanas), mas também a insatisfação do jogador que se vê subvalorizado pelo clube - ele deve se apresentar à Udinese no dia 10 de julho.

Após a derrota de sábado em Macaé, para o time da casa, os jogadores do Flamengo ganharam folga no domingo. Nesse dia, Vizeu procurou os dirigentes do clube e procurou saber do seu caso. Nas últimas semanas, o Flamengo acertou renovações de Jean Lucas e de Lincoln, o próximo da fila na linha de atacantes de alto nível que o clube forma desde a chegada de Vizeu aos profissionais após ser destaque na Copinha de 2016.

Sem previsão de retorno do clube, o jogador manifestou incômodo com a situação, mas foi treinar normalmente na segunda-feira, mesmo depois da decisão que não iria viajar. A reportagem procurou dirigentes do Flamengo e o jogador - que não vai se manifestar publicamente por enquanto.

O clube reafirma que Vizeu pediu para não ser relacionado. Do lado de Vizeu - o GloboEsporte.com também procurou a OTB, que não respondeu aos contatos -, a versão é de que há insatisfação, de fato, mas que ele não pediu a dispensa, pois foi decisão do departamento de futebol por todo caso - o que é negado pelo clube.

Na véspera da partida em Guaiaquil, o GloboEsporte.com questionou o vice-presidente de futebol do Flamengo, Ricardo Lomba, sobre o caso Vizeu e sobre a razão da dispensa.

- Não tenho muita informação a fornecer. De fato, não sei (quais são os motivos pessoais). Na apresentação para viagem, fiquei sabendo que o jogador tinha pedido dispensa para resolver problemas particulares. E nada mais me foi informado – disse Lomba, pedindo para que a pergunta dos motivos da dispensa fosse direcionada ao jogador. - Ele certamente terá explicação para dar para vocês.

A reportagem perguntou se Vizeu poderia não atuar mais pelo Flamengo depois deste episódio. Lomba disse que “não há razão nenhuma para não cumprir” o contrato.

- Dentro desta perspectiva, vai caber ao treinador contar com jogador ou não. Mas ele tem contrato e deve cumprir - afirmou.

Sobre a discussão contratual, Lomba desconversou e lembrou, na véspera do compromisso da Libertadores, que estava preocupado apenas com o jogo de Guaiaquil.

- Realmente não sei (sobre discussão contratual). Não fui procurado para o jogador para falar sobre isso. Realmente, desconheço essa informação. Então, não tenho nada a acrescentar - finalizou o dirigente do Flamengo.

Sem previsão de retorno do clube, o jogador manifestou incômodo com a situação, mas foi treinar normalmente na segunda-feira.



Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget