'France Football' coloca Lincoln e Vinicius Jr no Top 10 do Brasil

GLOBO ESPORTE: Enquanto os brasileiros analisam os potenciais adversários da Seleção na Copa da Rússia, a imprensa francesa faz o mesmo. Faltam menos de 80 dias para o início da Copa do Mundo e a revista ‘France Football’ divulgou uma edição especial analisando o momento do futebol brasileiro. Além da análise sobre a Seleção, a revista faz críticas em relação à administração do esporte no país e à falta de segurança dos estádios brasileiros, colocando a Europa como objetivo dos jovens atletas.

- Se a seleção treinada por Tite é a favorita da Copa do Mundo e mantém o sonho de uma sexta estrela, o futebol brasileiro passa por uma crise sem precedentes, entre violência e corrupção. Os estádios se tornaram lugares perigosos, onde não é bom levar as crianças. O público do campeonato está em queda livre, o nível de jogo é preocupante e os patrões da CBF terminam, um após o outro, nas mãos da Justiça. Resta o talento dos jovens esperançosos que sonham apenas com uma coisa: juntar-se à Europa o mais rápido possível.

As dez promessas

Foto: Reprodução
Em relação aos jovens jogadores brasileiros, os franceses apontam dez nomes com menos de 20 anos que são as promessas do país. São eles: Brenner, do São Paulo; Dodô, do Shakhtar Donetsk; Douglas Luiz, do Girona; Gabriel Brazão, do Cruzeiro; Lincoln, do Flamengo; Matheus Fernandes, do Botafogo; Mauro Júnior, do PSV; Paulinho, do Vasco; Paulo Vitor, do Vasco; Vinicius Jr, do Flamengo.

Sobre o principal jogador do país, a revista afirma que Neymar tem algumas atitudes contestadas no país. A "France Football" destaca os comentários de Casagrande em relação ao brasileiro.

- Intocável por muito tempo em sua terra, a estrela do PSG permanece aos olhos do público em geral a estrela número um do Brasil, mas também começa a incomodar. Seu comportamento como celebridade, suas queixas contra os árbitros, seu envolvimento com as autoridades fiscais mancharam sua imagem. "Neymar está longe de ter atingido a importância de um Maradona, um Messi ou um Cristiano Ronaldo”, comentou Walter Casagrande, os brasileiros colocam o dedo no olho. Estamos criando um monstro em vez de corrigi-lo para se tornar um gênio. Mas poucas semanas antes da Copa do Mundo, os brasileiros estão rezando para que ele recupere todos os seus recursos.

Para analisar o momento da Seleção, a revista entrevistou o ex-lateral Roberto Carlos Para o campeão mundial de 2002, a equipe está em boas mãos sob o comando de Tite.

- Ele tem um pouco da noção de show de futebol enquanto se preocupa com o equilíbrio entre ataque e defesa. Tite dá muita ênfase à segurança defensiva e eu sinto que a coisa toda está melhor organizada do que há quatro anos. Mas ele também não hesita em apoiar onde dói. Por exemplo, sobre Neymar. No Brasil, somos muito religiosos e achamos que esses tipos de acidentes não acontecem por acaso. Estas são advertências de Deus. Algo aconteceu antes e Deus disse: ‘Tenha cuidado!’ De agora em diante, acho que Neymar vai se concentrar mais em seu trabalho, cuidar melhor dele.

A seleção brasileira está no Grupo E da Copa do Mundo da Rússia e estreia no dia 17 de junho, contra a Suiça. O grupo ainda conta com Sérvia e Costa Rica. A França está no Grupo C, com Austrália, Dinamarca e Peru.

Fernandes, do Botafogo; Mauro Júnior, do PSV; Paulinho, do Vasco; Paulo Vitor, do Vasco; Vinicius Jr, do Flamengo.


Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget