Irrelevância do Estadual não justifica atuações fracas do Flamengo

ESPN FC: É claro que o Carioca não era a prioridade do Flamengo. Num ano com Libertadores, Brasileiro e Copa do Brasil, nenhum clube iria sequer considerar priorizar o campeonato estadual, ainda mais um campeonato em turno e returno que desconsidera esses dois turnos em prol de uma semifinal posterior, mais ou menos como uma entrevista de emprego em que o entrevistador ignorasse tudo que os candidatos falaram e contratasse quem saiu da sala de maneira mais estilosa.

Ao mesmo tempo, todos sabem que o Carioca também não serve como referência para análise de desempenho. Isso porque vitórias fáceis contra times fracos podem dar uma falsa ilusão de superioridade que vai custar caro nas competições mais duras e derrotas sofridas por um time ainda em formação podem acabar abortando trabalhos que, se tratados com mais paciência, poderiam dar frutos positivos no futuro.

Diego em Flamengo x Botafogo - Foto: Staff Images
Ou seja, razões para ignorar o fracasso dessa quarta-feira, motivos para acreditar que o time ainda pode melhorar, justificativas racionais para seguir otimista diante das perspectivas do Flamengo para o resto da temporada podem sim ser encontradas, se você quiser procurar. Mas nenhum desses argumentos, seja em defesa do trabalho de Carpegiani ou contra a validade do campeonato do qual acabamos de ser eliminados - por uma equipe que na Copa do Brasil caiu diante da Aparecidense - são capazes de alterar alguns fatos.

Primeiro o fato de que não temos laterais. Se na direita vivemos o paradoxo de Pará/Rodinei - quando Pará é titular ele vai tão mal que parece óbvio que Rodinei é a solução e quando Rodinei começa jogando ele consegue nos fazer pensar que talvez Pará não seja tão ruim - na esquerda Trauco e Renê mostraram um desempenho tal que Éverton precisou ser improvisado na posição. Por mais que o mercado realmente possa estar complicado, é inaceitável o Flamengo chegar em abril tendo em seu elenco apenas laterais cujos nomes causam no torcedor as mesmas reações que “Voldemort” causa nos personagens da saga Harry Potter.

Depois o fato de que o Flamengo apenas não vem se mostrando capaz de articular jogadas, criar oportunidades, fazer valer sua força contra times que em teoria são tecnicamente inferiores. Temos posse de bola? Temos. Pressionamos o adversário? Pressionamos. Mas essa posse de bola e ela pressão se traduzem muito mais em cruzamentos desajeitados na área e em torturantes minutos rodando a bola de um lado para o outro do que em jogadas efetivas em busca do gol.

Somando isso a dependência que o Flamengo vem desenvolvendo logo em relação aos seus jogadores mais jovens e portanto irregulares - más partidas de Paquetá e Diego Junior vem sendo sinônimo de más partidas do time - e a imensa dificuldade que jogadores que deveriam ser essenciais para a equipe, como Geuvânio, Arão e Rômulo tem tido de mostrar um rendimento minimamente aceitável, e você tem um cenário que, independente da validade ou qualidade das partidas que disputamos até agora, não parece exatamente animador.

Então o que resta agora é esperar que, nos quase 20 dias que o Flamengo tem até sua próxima partida, um duelo fora de casa contra o Vitória, pela 1ª rodada do Campeonato Brasileiro, a equipe consiga evoluir. Consiga alcançar a evolução tática que não vem atingindo, consiga recuperar tecnicamente vários de seus atletas que vem se apresentando bem abaixo do próprio potencial, consiga até, se possível, finalmente assinar com Zeca para a lateral, garantindo esperanças ao menos para um dos lados do campo.

Isso porque, por mais que derrotas no Campeonato Carioca não signifiquem nada para os anseios maiores do Flamengo nessa temporada, se as lições dessas derrotas não forem realmente aprendidas nós com certeza vamos garantir o caminho para derrotas maiores e mais terríveis nas competições que realmente importam. E aí vai ser bem mais complicado achar qualquer argumento pra relativizar ou defender os nossos fracassos.

E aí vai ser bem mais complicado achar qualquer argumento pra relativizar ou defender os nossos fracassos.



Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget