Jogador da Seleção da Suíça revela sonho de jogar no Flamengo

“Sou flamenguista, foi minha primeira camisa, minha mãe me deu. Quando vou aí tento assistir um jogo”, revelou o jogador

FOX SPORTS: Nesta sexta-feira (23 de março), o FOX Sports transmite a partir de 15h45 o amistoso entre Grécia e Suíça, rival do Brasil no grupo E da Copa do Mundo. Apesar de não estar em campo para esse duelo, o zagueiro Léo Lacroix, que disputou quase todos os jogos das Eliminatórias, ainda acredita que possa ser convocado para a Copa do Mundo.

Com mãe e esposa brasileiras, o jogador do Basel (SUI) faz viagens para o Brasil em todas as suas férias, além de ter jogado seis meses pelo São Cristóvão, do Rio de Janeiro, em 2009. Agora, em entrevista ao FOXSports.com.br, ele ‘apresenta’ o rival do time de Tite na Copa do Mundo.

“Desde os últimos anos, a Suíça tem mostrado um futebol bom, bem ofensivo. Tomamos poucos gols nas eliminatórias e ganhamos quase todos os jogos”, afirmou o zagueiro, que destacou a grande força da sua seleção.

Léo Lacroix - Foto: Divulgação
“Claro que tem o Shaqiri (atacante do Stoke City), que é um jogador importante para a seleção. Mas não somente ele, a força da seleção suíça é justamente a união”, contou o jogador. Leo, que tem 1,97m de altura e é conhecido pela sua velocidade e pela força, também respondeu, caso esteja presente, se cantaria o hino brasileiro no confronto contra a nação da sua mãe.

“Não, eu sou suíço. Na hora de vestir a camisa, serei 100% suíço. Claro que vou lembrar na hora do hino, minha mãe brasileira, mas não vou cantar não”, disse. Leo ainda contou uma paixão que foi passada pela família ainda na infância: a torcida pelo Flamengo.

“Sou flamenguista, foi minha primeira camisa, minha mãe me deu. Quando vou aí tento assistir um jogo”, revelou o jogador, que citou alguns rubro-negros que admira: 

“Gosto do Juan, que agora é zagueiro lá. Não consegui ver, mas já vi vários vídeos do Mozer. Tem o Léo Moura, que fez história, o Ibson, o Adriano Imperador, o Ronaldinho Gaúcho, grandes jogadores”.

Recentemente, veículos de imprensa da Inglaterra noticiaram que o Everton e o Brighton, da Premier League, têm interesse nele. Leo disse não participar dessas negociações, mas confirmou que deseja um dia em atuar no futebol inglês. Além disso, ele também contou o sonho de jogar um dia no Brasil.

“Eu queria, por que não? É um campeonato que eu gosto muito de assistir, muito técnico. Não fecho nenhuma porta, ainda mais que amo esse país”, respondeu Lacroix, que completou citando, é claro, o seu time de infância: “Flamengo é o time de coração, se eu fosse seria maravilhoso. Mas não escolheria time, tem que ver oportunidades que possam aparecer”.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget