Jornalista tenta criar polêmica no Fla, e repórter da ESPN rebate

MARCONDES BRITO: Uma coisa aparentemente nada tem a ver com a outra, mas não deixa de ser um desrespeito às profissionais de jornalismo.

Na semana passada, o mundo quase veio a baixo quando a repórter Bruna Dealtry, do canal Esporte Interativo, foi assediada por um torcedor do Vasco durante a cobertura do jogo do time carioca contra o Universidad de Chile, pela Copa Libertadores.

Ontem, no treino do Flamengo, o goleiro Júlio César pregou um susto na repórter Gabi Moreira, do canal ESPN, no meio de uma entrada ao vivo. Foi encarado como uma brincadeirinha inocente e não alimentou maiores polêmicas.

Mas vamos tentar encarar apenas pelo lado profissional. Já pensou se a repórter entrasse em campo na hora em que Júlio César fosse defender um pênalti?

Você jamais verá, por exemplo, alguém interromper um médico, uma enfermeira, um músico, um motorista, no meio de suas atividades.

Talvez apenas na política coubesse algum tipo de intromissão no meio do trabalho. Um deputado ou senador, quando fosse cometer algum “mal feito”, seria o caso de alguém entrar em cena pra dizer: “êpa, êpa, êpa!!”



Ontem, no treino do Flamengo, o goleiro Júlio César pregou um susto na repórter Gabi Moreira, do canal ESPN, no meio de uma entrada ao vivo.



Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget