Marquinhos enxerga o Flamengo no caminho ideal

GARRAFÃO RUBRO-NEGRO: Por Rafael Rezende

Principal postulante ao prêmio de melhor jogador do NBB 10, Marquinhos mostrou, na partida entre NBB Brasil e NBB Mundo, o porque de tal alcunha. Em 21 minutos, o ala fez 29 pontos (sendo 19 somente no último período), e foi decisivo na quebra do jejum, que já durava dois anos. Mais um dia normal em sua rotina.

Foto: Divulgação
O craque não escondeu a alegria por fazer parte do espetáculo em nenhum instante. Solícito, tentou resumir a sensação de vivenciar a festa que reúne os destaques, deixou um pequeno agradecimento endereçado aos torcedores e comentou, em tom nostálgico, sobre o fim da carreira de Marcelinho.

- Foi legal estar nessa festa. Primeiramente, tenho que agradecer à torcida, que votou sem parar não só em mim, mas nos meus companheiros também. Esse é o momento ideal para se divertir com os fãs e outros jogadores, então, deu pra aproveitar. Sobre o Marcelinho, para ser sincero, nem fico pensando muito na despedida, pois quero desfrutar ao máximo. É um cara que admiro por tudo que fez pelo basquete brasileiro, e espero que usufrua bastante na aposentadoria - destrinchou.

Indagado sobre a performance coletiva do rubro-negro até então, Marquinhos relembrou a dolorosa queda na Liga Sul-Americana e a quantidade de aprendizados obtidos. Pelas palavras, superar não foi nada fácil, mas o brio do time, aliado à competência da Comissão Técnica, fez com que a volta por cima ocorresse. Atualmente, o clima é de ânimo e otimismo na Gávea.

- É difícil, pois muita gente compara ao Flamengo da temporada 2014, quando ganhamos todos os campeonatos. As pessoas precisam entender que, hoje, é completamente diferente. Temos um armador que está em seu primeiro ano no Brasil, e um norte-americano também. Essa adaptação leva tempo, é normal. Calhou de jogarmos uma competição importante logo no princípio... Queríamos vencer, porém, acabamos eliminados dentro de casa. Não conseguimos fazer bons jogos, coisa que acontece no basquete, e fomos jogados aos Leões. Só restou o trabalho. Assim que caímos, fizemos treinos duplos por dois meses, e foi aí que tivemos conexão e entrosamento. No decorrer, colocamos tudo na mesma página. Recentemente, chegou o Varejão, que acrescentou bastante. Com ele, demos um salto grande no garrafão e na defesa, além do crescimento nos rebotes. Por estes fatores, estou animado para os playoffs - salientou.

Com foco ajustado, o elenco tem apresentado repertório suficiente para seguir jogando em alto nível. Consciente disso, o atleta possui a noção exata do que é necessário para atingir o objetivo.

- A expectativa está grande, né? Tem a despedida do Marcelinho, o Varejão, o público bombando e a Arena nova. Estamos em um ótimo momento, e só perdemos três vezes, sendo duas para o líder do campeonato. Temos desempenhado um bom papel e, na hora do mata mata, precisamos fazer bons jogos para vencer - concluiu.

Atualmente, o clima é de ânimo e otimismo na Gávea.


Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget