"Não tem bola perdida, é disputa, raça", diz Jonas do Flamengo

GLOBO ESPORTE: Na saída do jogo, Jonas falou com a reportagem do GloboEsporte.com. Para ele, nada muda se ganhou a vaga ou não. O discurso é sério como seu futebol. Como na Libertadores que disputa pela primeira vez.

- Não sei ainda (se sou titular), tenho que trabalhar e sempre que ele precisar de mim vou dar meu melhor e vou procurar a cada dia evoluir - disse Jonas.

Para o jogador, o espírito de Libertadores - com muita raça, entrega e concentração - igualou a vantagem do Emelec, que jogava em casa com o estádio lotado.

Jonas durante Emelec x Flamengo pela Libertadores - Foto: Andes/César Muñoz
- Se não for firme, os caras te atropelam. Não tem bola perdida, é disputa, raça, dividida, com lealdade. Dentro de campo acho que não tem que ouvir nada. Estava concentrado na partida. Ali dentro é 11 contra 11, só ouvia os 22. Num jogo desse, quem lutar mais, quem brigar mais vai ganhar a disputa e sair com grande resultado.

Para o jogador, o espírito de Libertadores - com muita raça, entrega e concentração - igualou a vantagem do Emelec.


Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget