O Talento Triunfou

E por incrível que pareça, o time do Flamengo soube suportar toda essa pressão.

FALANDO DE FLAMENGO: Por Thiago Nascimento

Em um jogo extremamente disputado durante os 90 minutos de jogo, a partida entre Emelec X Flamengo foi verdadeiramente um jogo de Copa Libertadores.

Com um estádio bonito e completamente lotado, o Mais Querido disputou o jogo mais difícil do ano de 2018 até o presente momento.

Para quem curte o futebol na sua essência, com certeza ficou maravilhado ao ver uma torcida vibrante e apoiando o time da casa bem próxima do campo. Isso sem contar com a localização do banco de reservas também localizado bem próximo da torcida local.

Vinicius Júnior comemorando gol em Emelec x Flamengo - Foto: AP Photo/Dolores Ochoa
E por incrível que pareça, o time do Flamengo soube suportar toda essa pressão. E quando eu digo isso, não me refiro a instituição em sí, mas sim, a esse atual time do Flamengo. Pois como já vimos em jogos desse ano e em jogos dos anos anteriores… esse atual elenco sucumbe facilmente a pressão em jogos decisivos (de Primeira Liga até jogos da Libertadores).

Mesmo com um pênalti não marcado que pareceu ser bem claro quando as câmeras TV reprisaram o lance, o Flamengo correu atrás do prejuízo e venceu o jogo com dois gols do craque Vinícius Júnior. E diga-se de passagem, que foram dois golaços não apenas pelas jogadas em sí. Mas sim, por toda a calma e tranquilidade para efetuar os dribles e as conclusões em gols diante de um estádio lotado e com uma torcida cem por cento a favor do adversário. Além dos fatores anteriores, existia também a pressão de ser um jovem da base Rubro Negra. Afinal de contas, se ele não faz os gols, muitos cretinos iriam dizer:

“Olha lá! que moleque fominha! Nem é titular e já quer se consagrar! Chega devagar no time profissional garoto!!”

Por isso, diante de todas essas circunstâncias, a única nota que posso atribuir ao Vinicius Jr. no jogo de ontem é: nota dez!!!

A vitória conquistada pelo time da Gávea contra o Emelec foi um excelente resultado. Pois com essa vitória, todo a comunidade futebolística do Continente Sul-Americano tem a certeza de que o Flamengo está mais vivo do que nunca na competição e que também têm totais condições de se impôr e vencer os jogos quando for atuar fora de casa.

Além do mais, essa vitória também torna possível a classificação do time Rubro Negro na penúltima rodada da primeira fase, caso o time vença os próximos três jogos e alcance os 13 pontos. E com isso, o jogo da última rodada da primeira fase entre River Plate X Flamengo, não teria um caráter decisivo para o time da Gávea.

Pressão em campo.
Não a toa, dizem que a pressão psicológica também faz parte do esporte de alto rendimento.

Durante a partida de ontem, a disputa de uma jogada mais ríspida entre os jogadores de Flamengo e Emelec ainda no primeiro tempo, terminou com um jogador do time Rubro Negro ao chão e com muito dor.

E vocês acham que o adversário ajudou o jogador do Fla a se levantar do chão? Que nada! Segue o jogo!

Paquetá
Correu muito e não se intimidou em momento nenhum com os jogadores do time adversário. É de jogadores assim que o Flamengo precisa! Apesar de não ter sido muito decisivo como das outras vezes, se mostrou um jogador indispensável ao time titular do Flamengo.

Por mais que tenha errado algumas jogadas, eu prefiro um jogador que não tem medo do adversário e que arrisca dribles e jogadas verticais uma atrás da outra, do que jogadores badalados que se mostram sem disposição ao vestir a camisa do Flamengo e que só tocam a bola para os lados.

Jonas
Tenho que reconhecer que o Jonas evoluiu muito. No início do ano, eu não era a favor da volta dele, pois achava que ele seria apenas um jogador de pegada forte e que seria expulso em diversos jogos. Porém… não foi isso que aconteceu. Taticamente, ele já se mostra importante para a equipe. E contra o Emelec, ele foi um dos responsáveis pelo o Flamengo ter saído do Equador com os três pontos.

É claro que em muitas jogadas, ele ainda chega muito forte e isso em algum momento pode comprometer a equipe caso seja expulso. Mas acho que isso pode ser facilmente corrigido com conversas com a comissão técnica, treinamento de posicionamento em campo e também com o entrosamento tático que ocorrerá com os demais jogadores durante a temporada.

E além disso, acredito que Jonas já está muito a frente de Rômulo (que chegou no início do ano passado!) na disputa pela vaga na volância do Flamengo.

Afinal de contas, um cara que é recém chegado e torna-se titular em jogo cascudo como o ontem… é para ganhar moral não só com o treinador, mas também com o grupo (caso o mesmo seja unido).

Éverton Ribeiro e Diego.
Achei que estavam muito abaixo da média no início do jogo. Mas durante a partida, melhoram no quesito disposição. Mas ainda não estão no nível técnico de Paquetá e Vinícius Júnior.

Ainda acredito que pelo o status de suas contratações e pelo nome que os dois possuem no futebol brasileiro, eles precisam liderar o time do Flamengo de forma esplendorosa durante todos os jogos. Especialmente em jogos grandes como foi o caso de ontem.

Éverton Cardoso.
Mesmo sendo um jogador muito regular em sua posição, o que o Carpegiani está esperando para colocá-lo na lateral esquerda, ao invés de escalar Renê ou Trauco???

Sem dúvida, o Éverton seria um grande “reforço”, caso atuasse em tal posição.

Estádio reformado.
A poucos dias, saiu uma notícia que o Emelec conseguiu reformar o seu estádio com a “modesta” quantia de cem milhões de reais, graças a venda de camarotes e patrocínios.

Enquanto isso, o Flamengo não tem sequer um estádio próprio de porte razoável. Quer dizer, o Mais Querido ainda nem comprou um terreno para realizar esse tipo de construção.

Enquanto o Emelec, que possui um orçamento inferior ao orçamento do Flamengo, tem competência para elaborar estratégias de Marketing e Administração para obter tal quantia e reformar o seu estádio… nós Rubro Negros(as) temos que aturar os e-sports como nova modalidade do clube e como inovação estratégica (???) para tentar atrair novos de torcedores para o clube.

Que faaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaase!!!

Vinícius Júnior
Cracaço de bola. Além disso, merece ser titular do Flamengo (e de forma indiscutível!!!).

Aliás, mantenho minha convicção e acredito que o Vinícius Júnior já deveria ser titular do Flamengo desde o ano passado.

Imaginem os jornais espanhóis  no dia de hoje. Todos devem estar falando da grande atuação do Vinícius Júnior na noite de ontem.

Trio Sinistro.
Paquetá, Vinícius Júnior e Guerrero.

Não sei vocês… mas quando o Guerrero voltar a jogar, eu torcerei muito para que esse trio seja a linha de de ataque do time titular do Flamengo.

Isso é Flamengo!
Flamengo ganha de virada um jogo importantíssimo como o de ontem, e ainda com dois gols de um jogador Rubro Negro de coração e que é oriundo da base do clube.

Isso é muito, mas muito Flamengo!!!
Abraços e até a próxima!

** Quer sugerir um tema? Então me siga no Twitter @t_nascimentorj e deixe a sua sugestão, crítica ou elogio.

Saudações Rubro Negras.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget