Passado e futuro fazem a festa na Libertadores

MARCONDES BRITO: Quando Corinthians e Flamengo ganham numa noite de quarta-feira, tudo indica que boa parte dos brasileiros que amam futebol vai acordar mais feliz. Afinal, segundo as pesquisas, estamos falando das duas maiores torcidas do país.

E quando essas vitórias acontecem num torneio difícil como a Libertadores, a alegria pode ser ainda maior.

A diferença entre as duas vitórias de ontem é que a do Corinthians foi conquistada em casa, contra o tal de Deportivo Lara, time sem tradição; e com uma atuação que não chegou a ser brilhante. Outra coisa: o “herói” corinthiano foi o improvável veterano Emerson Sheik, quase em fim de carreira, mas ainda decisivo dentro de campo.

Foto: Divulgação
Na vitória flamenguista, o dono da festa foi um menino de 17 anos, Vinicius Jr., que fez a sua estreia em Libertadores. Foi uma noite consagradora pra ele. E pode apostar que os dois gols do Vinicius vão estampar as páginas dos jornais europeus nesta quinta-feira.

Então ficamos assim: o Corinthians, por enquanto, está vivendo do passado; enquanto o Flamengo, com uma geração de jovens talentos, está mirando o futuro. Mas o leitor pode argumentar que Vinicius Jr vai embora este ano para o Real Madrid. Vai, mas tem outros na fila, como Paquetá, que também está voando.

O Corinthians, por enquanto, está vivendo do passado; enquanto o Flamengo, com uma geração de jovens talentos, está mirando o futuro.



Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget