Técnico do Flamengo reclama de cera do Fluminense

Segundo ele, nos 90 minutos desta quinta, o Tricolor não foi tão leal e usou da vantagem do empate para evitar jogar futebol.

GLOBO ESPORTE: O empate com o Fluminense em 1 a 1 custou ao Flamengo a vaga na final da Taça Rio. O motivo para a igualdade ter classificado o rival do Rubro-Negro foi a melhor campanha na fase de grupo. Para Paulo César Carpegiani, isso aconteceu por causa de erros dele mesmo e também do resto da equipe. Segundo ele, nos 90 minutos desta quinta, o Tricolor não foi tão leal e usou da vantagem do empate para evitar jogar futebol.

- Acabamos ficando fora por erros nossos e erros meus. Perdemos o jogo para o Macaé, que eu poderia ter colocado o time principal, e perdemos. O Flu jogou com o regulamento debaixo do braço e praticou o anti-jogo. Lamento por isso.

Foto: Agência Estado
Paulo César Carpegiani gostou, em parte, do que viu na noite desta quinta-feira no empate em 1 a 1 com o Fluminense. Para o treinador do Rubro-Negro, a raça, que os torcedores tanto pedem, esteve presente durante o jogo inteiro. Por outro lado, o time vacilou ao levar o gol de bola parada. Segundo Carpegiani, gols desse tipo acontecem somente em casos de falta de atenção.

- Empenho, garra e disposição não faltaram. Tínhamos o jogo sob controle e levamos um gol de bola parada, que é a principal característica do Fluminense. Gol de bola parada só sai com desatenção. Ele cabeceou sozinho. Erro nosso.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget