Valência tem até junho para cubrir propostas por Lucas Paquetá

Esse time reserva do Flamengo não se cansa de pagar mico, não?

JORNAL DO BRASIL: Por Renato Maurício Prado

O Valencia tem até a janela do meio do ano, prioridade na contratação de Lucas Paquetá, direito adquirido quando da negociação para a vinda do goleiro Diego Alves para o Flamengo. Tal negociação, entretanto, pode esbarrar na vontade do jogador – que não fez nenhum tipo de acordo com os espanhóis e, se quiser, mela toda a história.

Paquetá é, hoje em dia, a moeda mais valorizada no Ninho do Urubu, mas não tem pressa alguma de deixar o Mais Querido. Ele e seu estafe (família e empresário) acham que para a proposta ser considerada boa, tem de combinar um excelente contrato com uma possibilidade real de brilhar no futebol europeu. Nada de ser contratado para ser emprestado, por exemplo. E esqueçam o futebol turco. As metas são Espanha, Inglaterra e Alemanha.

Lucas Paquetá, do Flamengo - Foto: Gilvan de Souza
PCensurado

Falando no campo do Bangu, em Moça Bonita, lembro-me de um título que fiz, no início de carreira, no JB, e que, embora tenha provocado gargalhadas na redação, acabou vetado. Vasco e Flamengo disputavam palmo a palmo a liderança e ambos tinham partidas marcadas para o estádio alvirrubro no final de semana. Os vascaínos jogaram no sábado e empataram. Os rubro-negros jogariam no domingo e, se vencessem, assumiriam a liderança. Meu título: “Moça Bonita pode dar ao Fla, hoje, o que negou ao Vasco, ontem”. E não é que deu, mesmo?

Zôo

Esse time reserva do Flamengo não se cansa de pagar mico, não?


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget