Vitória no Equador pode ter sido o gás que faltava ao Flamengo

Com a vitória, o Flamengo chegou a quatro pontos e assumiu a liderança do grupo 4, com um jogo a mais que River Plate e Santa Fe.

GOAL: A noite da última quarta-feira(14) reservou muitas emoções aos Rubro-Negros. Pressionado, o time de Paulo César Carpegiani entrou em campo diante do Emelec, pela segunda rodada da fase de grupos da Copa Libertadores da América, sabendo que precisava de uma vitória.

Bem armado, a equipe teve boa postura em campo, mas esbarrou nas finalizações. Na segunda etapa viu o Emelec abrir o placar e quando a partida parecia que se encaminharia para mais uma derrota fora de casa, Vinicius Júnior apareceu e decidiu o jogo. Com dois gols, ele deu a primeira vitória do Flamengo longe de seus domínimos nos últimos quatro anos.

Jogadores do Flamengo comemorando gol contra o Emelec - Foto: Andes/César Muñoz
Além de quebrar o jejum, o triunfo pode ser fundamental para a confiança do Flamengo no torneio, que ficou abalada após o empate com gosto de derrota para o River Plate, na estreia. No ano passado, o time então comandado por Zé Ricardo, ficou de fora das oitavas de final justamente por não ter conseguido nenhum ponto fora de casa.

Vale ressaltar que a última vitória do Flamengo fora de casa na Libertadores havia sido contra o próprio Emelec, no George Capwell, pelo memos palcar, 2 a 1, em 2014. Na ocasião, o Rubro-Negro não conseguiu a classificação para as oitavas de final, pois perdeu para o Leon, do México, dentro do Maracanã.

Com a vitória, o Flamengo chegou a quatro pontos e assumiu a liderança do grupo 4, com um jogo a mais que River Plate e Santa Fe, o próximo adversário do Rubro-Negro.

Além do triunfo e do bom jogo, o meia Diego, peça fundamental da equipe voltou a ter uma grande exibição. Ainda que não tenha balançado as redes, ele mostrou muita vontade, tanto na defesa quanto no ataque e deu assistência primorosa para o segundo gol de Vinicius Júnior, que garantiu a vitória da equipe.

De olho na Copa, ele tem poucos jogos para mostrar a Tite que merece estar no grupo que vai disputar o mundial da Rússia. Por conta do início ruim na temporada, ele ficou de fora da lista dos 25 convocados para os duelos contra Rússia e Alemanha, neste mês de março.

O bom jogo contra o Emelec, pode ser a virada de chave que o time de Carpegiani e o camisa 10 da equipe precisam para deslanchar de vez na temporada. O Flamengo volta a campo no dia 18 de abril, para encarar o Santa Fe, por conta de uma punição da Conmebol, a partida será realizada sem torcedores. 




Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget