Votação no Flamengo para pagamento adiantado por Cirino é adiada

GLOBO ESPORTE: Ainda não foi nesta segunda-feira que o Flamengo conseguiu antecipar a receita da venda Fellipe Vizeu para a Udinese. Sem parecer do Conselho Fiscal, a sessão do Conselho de Administração, na Gávea, foi encerrada sem uma definição, nesta noite. Um novo encontro deve acontecer na quinta-feira.

Vizeu foi negociado em janeiro por R$ 20 milhões – o clube tem direito a R$ 12 milhões – em quatro parcelas. A diretoria negociou o crédito das parcelas previstas para 2019 e 2020 com a empresa Capital 23, mas precisa da aprovação do Conselho de Administração.

Marcelo Cirino comemorando gol pelo Flamengo - Foto: Gilvan de Souza
O Conselho Fiscal não emitiu um parecer por falta de quórum no encontro. A ideia é que a operação seja votada em caráter de urgência, a pedido de Eduardo Bandeira. A justificativa para a antecipação foi quitar com desconto a compra de Marcelo Cirino, realizada em 2015. O clube ainda deve R$ 18 milhões pela aquisição do jogador junto a Doyen e negociou um abatimento. O pagamento estava previsto no orçamento aprovado de 2018.

O presidente provavelmente encontrará dificuldades na reunião do Conselho de Administração, uma vez que pede a antecipação de receitas previstas para as duas próximas temporadas, quando não estará mais à frente do clube.

Antecipação deste tipo em últimos anos dos mandatos é vedada pelo estatuto do clube, pelo artigo 145, parágrafo 145. No entanto, a diretoria se apoia em um trecho citado no mesmo artigo, uma exceção à regra, desde que o caso seja submetido em votação no conselho de administração - que pode ou não aceitar.

Felipe Vizeu foi negociado com a Udinese em janeiro, mas fica no Flamengo até julho. Em relação a Marcelo Cirino, no início de 2015 o Fla se comprometeu a pagar 3,5 milhões de euros, mais 10% de juros ao ano (a cotação que vale é a de janeiro de 2018), à Doyen caso a empresa não recuperasse o que investiu até 31 de dezembro de 2017 - ou seja, para o caso de o atleta não ser vendido. O que de fato não aconteceu.

O clube ainda deve R$ 18 milhões pela aquisição do jogador junto a Doyen e negociou um abatimento.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget