Willian Arão volta a ser vaiado pela torcida do Flamengo

UOL: Contratado do Botafogo em 2016, Willian Arão não demorou a se firmar na equipe titular e virar um dos destaques da equipe. Por quase dois anos, o jogador era considerado uma das referências do elenco do Rubro-negro. A atual temporada, no entanto, reservou uma mudança drástica no quadro.

Com a chegada de Paulo César Carpegiani, Willian Arão se viu em posição delicada por dois motivos. O primeiro é que o treinador utiliza apenas um volante no esquema preferido. O segundo é que ele não é visto pelo comandante como volante. Assim, a concorrência deixa de ser com Cuellar para brigar com Diego e Everton Ribeiro.

Willian Arão e a torcida do Flamengo - Foto: Gilvan de Souza
A verdade é que Carpegiani não gosta da capacidade de marcação de Willian Arão para que ele seja o único volante do time. O titular da posição é Cuellar, que, suspenso, não tem podido atuar neste início de temporada. O ex-jogador do Botafogo jamais foi uma opção para o novo comandante, que utiliza o renegado Jonas quando necessário.

Consequentemente, Carpegiani acredita que Willian Arão se encaixa na linha de quatro jogadores do meio de campo, mais centralizado. As duas posições, hoje, são ocupadas por Diego e Everton Ribeiro.

E o no início da partida contra o Boavista, na última quarta, mostrou o quanto Willian Arão está sendo perseguido pelos torcedores. Everton Ribeiro sentiu uma pancada do adversário e caiu no chão. Automaticamente, Carpegiani mandou o volante para o aquecimento.

Foi o suficiente para que a torcida vaiasse o jogador e fizesse gestos para que ele não entrasse em campo. Everton Ribeiro se sentiu melhor e permaneceu no gramado. Os rubro-negros nas arquibancadas não esconderam a dupla felicidade.

"É natural, estamos nos esforçando, vamos evoluir, não tenho dúvida. Temos uma programação e nunca nos afastamos dela. Estamos muito seguros e tranquilos sobre o que a equipe pode evoluir", disse Carpegiani sem comentar diretamente a situação de Willian Arão.

Após a vitória, o Flamengo chegou aos 9 pontos e se aproximou da classificação para a semifinal da Taça Rio. O Rubro-negro volta a campo no sábado, quando medirá forças com o Macaé, no Moacyrzão.

Assim, a concorrência deixa de ser com Cuéllar para brigar com o camisa 10 da Gávea e o camisa 11.

Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget