A César o que é de (Julio) Cesar

ESPORTE INTERATIVO: No último final de semana o futebol mundial assistiu a um dos melhores goleiros de sua história recente sair de cena. E de forma triunfal, como foi de costume durante a maior parte de sua trajetória. Um atleta de talento acima da média e humanidade sobressalente. Reconhecido, apesar de muitas vezes injustiçado. Um brasileiro que talvez só tenha seu devido tamanho em terras europeias. Por isso, este texto pretende dar a Julio Cesar o que é de Julio Cesar.

E o que é de Julio Cesar? De Julio Cesar é uma carreira brilhante e vencedora. De Julio Cesar é a maior responsabilidade nos 'não rebaixamentos' do Flamengo em seus mais assombrosos anos. De Julio Cesar são os 14 títulos oficiais vestindo a camisa da Internazionale de Milão, incluindo Champions League. De Julio Cesar é o prêmio de melhor goleiro do mundo entre 2009 e 2010. De Julio Cesar é o rótulo de 'Imperador' conquistado no Benfica, já nos seus passos finais. De Julio Cesar é um auge que chega a ser assustador de tão bom.

Juan e Julio Cesar chorando no Flamengo - Foto: Staff Images
Claro, de Julio Cesar também é a falha contra a Holanda e o 7 a 1, onde pouco pode fazer, é verdade. De Julio Cesar sempre vão ser estes fardos, de quais ele nunca fugiu. As derrotas, porém, não podem se transformar em cortinas de fumaça para as glórias. Mais que isso: não podem fazer com que mentiras se tornem verdades. Afinal, de Julio Cesar também é a Copa América enormemente decisiva em 2004, a 'luva de ouro' na Copa das Confederações de 2013 e a magistral Eliminatórias para o Mundial de 2010, quando arrisco dizer que o arqueiro foi o melhor e mais regular jogador da questionável equipe comandada pelo não menos questionável Dunga.

De Julio Cesar são os 28 troféus empilhados em sua prateleira nos 21 anos de carreira. Um dos profissionais em atividade no futebol com mais conquistas em toda a história, atrás apenas de nomes como Daniel Alves, Iniesta, Ibrahimovic, Xavi, Lionel Messi e Piqué. Então porque exatamente Julio Cesar não tem o que é de Julio Cesar dentro do país que dedicou longos anos de sua caminhada? Talvez por rivalidade, talvez por teimosia, talvez por desconhecimento. É mais um caso onde a 'síndrome de vira-lata' do brasileiro atingiu até o esporte.

Julio Cesar sofre com pequenos recortes dentro de um contexto que, por inteiro, é sublime. Exceções que fogem à regra. De Julio Cesar deveria ser a gratidão de quem levou - e elevou - o nome do Brasil ao mundo inteiro. Nenhum gol da Alemanha dói tanto quanto a crítica direcionada, seletiva, injusta e maldosa. Mas Cesar sabe que o que fica é tudo que Julio construiu.

E como construiu... O Julio que outrora foi 'eleito' por Gianluigi Buffon (possivelmente o maior da história na posição) o número um do planeta. O Cesar ​'que fez Messi chorar'. O Julio Cesar, ​9° melhor goleiro do século XXI. Maior do que muitos pensam, menor do que alguns insistem em julgar.

Julio foi sim o goleiro do 7 a 1, mas foi também o goleiro multicampeão, de desempenho ímpar entre 1997 e 2018, e de caráter e personalidade inquestionáveis. O goleiro que colecionou fãs e inspirou gerações subsequentes. E mesmo que tenha visitado algumas vezes o inferno, o céu foi sua estadia majoritária. Por isso tudo, é devido dar 'a César o que é de Cesar' e agradecer:

A um dos melhores de todos os tempos, OBRIGADO!

De Julio Cesar é a maior responsabilidade nos 'não rebaixamentos' do Flamengo em seus mais assombrosos anos.


Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget