Análise: o ano de 2017 foi ou não um fracasso para o Flamengo?

GOAL: Depois de ser demitido do Flamengo, Rodrigo Caetano resolveu atender a imprensa para falar sobre o seu trabalho no Rubro-Negro e, claro, sobre a sua saída do clube. No entanto, em todas as entrevistas concedidas até agora, o diretor de futebol fez questão de rechaçar que o trabalho tenha sido negativo, como vinha sendo apontado pelo torcedor.

Com quase três anos de trabalho a frente do clube, Rodrigo Caetano levantou apenas um título carioca, mas destacou as campanhas do Flamengo no ano de 2017, em que além do Estadual invicto, chegou nas finais da Copa do Brasil e da Copa Sul-Americana.

"Se não tivesse alma e espírito não teria chegado nas finais que chegou? Você acha que os técnicos e os atletas querem a mesma coisa? Quem está no Flamengo sabe da responsabilidade, tem que fazer por onde vencer. Agora, ser segundo para mim não é fracasso. Rotular a equipe por insucesso, dizendo que não corre. Isso para mim é errado. Em alguns outros clubes do futebol brasileiro, quando se exalta as opções, é porque tem bom elenco, mas quando se fala do Flamengo, com opções, se fala em fracasso. É uma avaliação normal se tratando do clube, porque tem a maior torcida do Brasil", disse Caetano em entrevista ao Seleção SporTV.

O maior problema é que as finais em que o Rubro-Negro chegou no ano passado, não foi algo que fez parte do planejamento da equipe. Com um dos maiores investimentos do país e folha salarial alta, o principal objetivo do clube era ou deveria ser a Copa Libertadores da América. No entanto, o Flamengo caiu na primeira fase, o que possibilitou a equipe de disputar a Sul-Americana.

Ou seja, quando se iniciou o planejamento para o ano de 2017, com certeza o departamento de futebol não colocou como objetivo chegar a final da Sul-Americana, já que não deveria nem pretender disputar a competição. Apesar do bom início na Libertadores, o Flamengo sentiu falta de peças importantes, como um substituto para Diego.

Em 2016, o elenco tinha Alan Patrick, que deixou o clube no final do ano e não teve a sua vaga preenchida, na verdade houve uma aposta em Conca mas sempre se soube do risco da contratação e de que ele só estaria pronto possívelmente a partir das oitavas de final da Libertadores. Quando Diego se lesionou, Zé Ricardo teve que mudar troca a estrutura da equipe, que encontrou muita dificuldade fora de casa.

A Copa do Brasil, foi outro torneio que acabou caindo no colo do Flamengo. Depois de ser eliminado de forma precoce da Libertadores, o Brasileirão se tornou, ou deveria ter se tornado a prioridade da equipe, no entanto, o início irregular tirou o Flamengo da briga pelas primeiras posições.

O maior problema do Flamengo em 2017 foram os jogos fora de casa.

Com isso, a equipe foi levando a Copa do Brasil e até esteve perto de ser eliminada em várias oportunidades, a primeira delas diante do Santos, na Vila Belmiro. Para se ter uma ideia, os adversários do Rubro-Negro dali em dia não brigavam pelo título Brasileiro, o que evidencia uma prioridade diferente. Na final, diante do Cruzeiro, um erro de planejamento foi crucial.

Muralha havia sido contratado para acirrar a briga pela titularidade no gol e elevar o nível, mas com a saída de Paulo Victor, no inicio da temporada de 2017, o clube abriu mão de trazer um novo goleiro, na decisão, precisou de um goleiro mais experiente e com nível mais elevado e não tinha, pois havia contratado Diego Alves tarde demais para inscrevê-lo na

Diante de todos esses fatos, não há como concordar com o diretor de futebol e não reconhecer que, pelo investimento, folha salarial, potencial e principalmente objetivos principais na temporada, 2017 não foi um bom ano para o Flamengo.

O maior problema do Flamengo em 2017 foram os jogos fora de casa.



Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget