Carlos Noval é apresentado no Flamengo: "Estou muito honrado"

Carlos Noval afirmou que o elenco do Flamengo é muito qualificado, mas que ele poderá ir ao mercado se notar que existem carências no elenco.

EXTRA GLOBO: O novo diretor de futebol do Flamengo, Carlos Noval, foi apresentado nesta segunda-feira pelo clube, no Ninho do Urubu. O dirigente chega depois de um trabalho de destaque na base do Flamengo por vários anos, e substitui Rodrigo Caetano, demitido na semana passada após a eliminação no Estadual.

Apresentado ao elenco antes do treino desta segunda-feira, Noval terá como primeira missão ajudar a diretoria a encontrar um treinador para o lugar de Carpegiani, que também deixou o clube após a derrota para o Botafogo.

- Estou muito honrado e preparado para dar continuidade a um processo que todos nós estamos construindo juntos, dando sequência ao que o Rodrigo começou. O que me levou a aceitar esse desafio é que eu acredito nesse processo continuado. O desenvolvimento que tivemos na base também temos no profissional. Me sinto confiante para gerir esse processo - disse Noval, sem pressa por um nome.

Carlos Noval, Eduardo Bandeira e Ricardo Lomba no Flamengo - Foto: Gilvan de Souza
Ele ainda afirmou que o elenco do Flamengo é muito qualificado, mas que ele poderá ir ao mercado se notar que existem carências no elenco.

- Não vejo o Flamengo atrás de ninguém. Não vejo diferença gritante para outro clube.

Sobre a experiência anterior nas divisões de base, Noval disse que que estava acostumado a lidar com com muitos meninos, pais, empresários.

- Na base tinha 350 meninos. Não vejo problema nenhum com isso. O tratamento com todos será igual. Meu tratamento com eles vai ser sempre direto e muito transparente. A grande diferença agora talvez seja o valor que os profissionais ganham, mas vou tratar Guerrero, Diego, assim como tratava os meninos na base.

Carlos Noval vive o Flamengo há anos - seu pai foi diretor do clube na década de 1980. O atual diretor executivo de futebol se notabilizou ao conduzir o trabalho de reformulação das categorias de base do Rubro-negro. Ele seguiu na gestão Bandeira mesmo sendo remanescente da presidente Patrícia Amorim.

Tricampeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior (2011, 2015 e 2018), Noval ajudou o clube a revelar talentos e também a adquirir jovens valores de outras instituições. O trabalho bem avaliado e o baixo custo mensal fizeram com que o Rubro-negro apostasse nele para substituir o conhecido Rodrigo Caetano.



Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget