Chance do Flamengo ter comprado a Portuguesa é descartada

JORGE NICOLA: Além de estar convencida de que a escalação de Héverton foi premeditada, a atual diretoria da Portuguesa tem outra certeza: de que o Flamengo não teve participação em um eventual suborno. Desde o ano passado, quando o escândalo estourou, Flamengo e Fluminense são tratados como suspeitos, pois se beneficiaram da perda de quatro pontos da Lusa para subir na tabela de classificação do Brasileirão.

“Toda a diretoria da Portuguesa tem convicção de que não existe chance de o Flamengo estar por trás disso”, assegura um diretor rubro-verde, na condição de homem de confiança do presidente Ilídio Lico.

Tanta certeza tem a ver com uma investigação interna realizada no Canindé e que envolveu atletas, integrantes da comissão técnica e até diretores. Foi baseado nela que se montou uma comissão de sindicância cujo objetivo atual é expulsar o ex-presidente Manuel da Lupa dos quadros de conselheiro e sócio.

Heverton já estava relacionado para jogo da Portuguesa antes do Flamengo jogar - Foto: Screenshot / Lusa News
A apuração da Lusa também inviabiliza a suposição de que o Flamengo comprou alguém no Canindé para relacionar Héverton para o jogo contra o Grêmio, no domingo que fechou o campeonato. O suborno só poderia ter ocorrido depois de o Rubro-Negro enfrentar o Cruzeiro na noite de sábado e utilizar André Santos de forma irregular.

“Essa suposição não bate, porque o Héverton já estava concentrado no hotel, com todo o time da Portuguesa, desde o fim do treino da manhã de sábado”, revela o dirigente. Héverton ficou concentrado no mesmo quarto do volante William Arão. As suspeitas da Portuguesa recaem sobre os movimentos “estranhos” na sexta-feira e no sábado pela manhã.

Depois de meses esquecido, o ‘Caso Héverton’ voltou aos noticiários no dia 29 de outubro, quando o presidente Ilídio Lico afirmou ao Blog que a escalação do jogador foi premeditada.

Héverton disputou os 12 minutos finais da partida contra o Grêmio sem condições - o STJD havia decidido dois dias antes aumentar sua suspensão para duas partidas, por causa da expulsão contra o Bahia. O meia havia cumprido apenas um jogo. Presidente da Lusa na oportunidade, Manuel da Lupa assegurou que a punição não foi comunicada ao clube.

Essa suposição não bate, porque o Héverton já estava concentrado com todo o time da Portuguesa desde o fim do treino da manhã de sábado.



Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget