Criança portadora de doença rara conhece jogadores do Flamengo

CORREIO 24 HORAS: Um flamenguista especial veio de longe para realizar o seu maior sonho ontem. O pequeno Ronaldo Pires Souza, de 15 anos, posou para foto ao lado de jogadores como Henrique Dourado, Réver e Éverton Ribeiro no hotel em que o time carioca estava hospedado. Uma situação comum para qualquer torcedor mais esforçado se Ronaldo não fosse uma “criança borboleta”.

Ele é portador de uma doença rara, a epidermólise bolhosa, conhecida como doença da borboleta, que é hereditária. A doença torna as epidermes dos pacientes tão frágeis quanto as asas do inseto, o que acarreta uma série de complicações. Tanto que, após conhecer os jogadores do Flamengo, o próximo sonho de Ronaldo é acordar um dia sem sentir dor.

Foto: Divulgação
Mas, ontem foi dia de alegria. Depois do encontro no hotel, Ronaldo assistiu ao empate com o Vitória no Barradão. Até chegar ali, foi preciso a ajuda da Ong Jardim das Borboletas, que acompanha de perto casos como o de Ronaldo. Morador da cidade de Manoel Vitorino, no sudoeste do estado, Ronaldo voou pela primeira vez. Sensibilizada, uma das integrantes do grupo da Ong se dispôs a pagar as passagens aéreas.

“Ele tinha o sonho de viajar de avião e de ver o Flamengo jogar. Está aqui agora todo feliz”, disse Aline Teixeira Coutinho, presidente da Ong, que acompanhou Ronaldo na viagem.


Tanto que, após conhecer os jogadores do Flamengo, o próximo sonho de Ronaldo é acordar um dia sem sentir dor.



Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget