Do jovem ao veterano: as emoções do Flamengo com treino aberto

A emoção dos torcedores do Flamengo, desde garoto, foram iguais. A Nação Rubro-Negra, fez a diferença.

LANCE: Não importa a idade ou a experiência. O que a torcida do Flamengo realizou nesta terça-feira, no Maracanã, no treino aberto que antecedeu o confronto desta quarta-feira contra o Santa Fe (COL), pela Copa Libertadores, mexeu com todos os jogadores do Fla. Do mais veterano ao mais jovem. Assim foi com o zagueiro Juan e com o meia-atacante Vinícius Júnior.

De um lado, o defensor com 38 anos, mais velho até que o seu atual treinador, Maurício Barbieri, com 36. Do outro, Vinícius que completa 18 em junho. A emoção dos torcedores do Flamengo, desde garoto, foram iguais. A Nação Rubro-Negra, fez a diferença.

- Realizei um sonho e o Flamengo o de muitas crianças. Não é para qualquer um. Às 15h da tarde, essa torcida toda aqui. Sempre vim, sempre acompanhei. Lembro que ia na Gávea quando menorzinho. Se não fosse jogador, certamente estaria aqui - comentou o jovem, que vê o Fla mais forte ainda para o confronto diante do colombianos, no mesmo palco, mas sem a torcida:

Jogadores do Flamengo com a torcida no treino aberto do Maracanã - Foto: Gilvan de Souza
- A expectativa é a melhor possível. Muita dedicação, muita atenção, para aproveitarmos como o Paquetá aproveitou na primeira bola do jogo. Com certeza vai ser um jogo muito difícil. Contra o Emelec e o River, eles jogaram de igual para igual. Na Libertadores, é preciso estar muito concentrado para sair vencedor - analisou.

Para Juan, não foi diferente. Flamenguista na infância, o veterano afirmou que a primeira vez que esteve no Maior do Mundo como torcedor era muito pequeno. Mas ver a torcida forte em um treinamento, o remete diversas lembranças. A emoção, não poderia ser muito diferente de um jovem.

- Emociona com certeza. A gente espera sempre que a torcida nos surpreenda, sabemos da força da nossa torcida. Onde vamos somos festejados. Não tinha como esperar diferente. Depois que times tiveram treinos abertos, esperamos Maracanã lotado - celebrou.

Se Juan veterano sentiu isso, o goleiro Julio Cesar - que se aposenta no dia 21 neste mesmo palco - corroborou com esse sentimento ao ver a torcida do Flamengo. Pelo menos foi o que relatou Vinícius.

- O Júlio César depois do treino estava falando comigo: essa torcida é diferente mesmo. O pessoal podia estar na praia, com esse sol, mas veio aqui e fez essa linda festa - disse o garoto.

O jovem e o veterano estarão em campo nesta noite de quarta-feira, mesmo sem torcida. Com as lembranças do que aconteceu no Maracanã, o Flamengo tem tudo para vencer o Santa Fe, com a força dos torcedores que estarão em casa com boas vibrações.

Se for um verdadeiro incentivo mesmo, o Santa Fe que se cuide. Porque o Flamengo entrará com o emocional a mil de um time vitorioso.
Seja um jovem ou um veterano.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget