E. Ribeiro se diz indignado com árbitro: "Não adianta pedir desculpa"

O jogador do Flamengo não poupou a arbitragem, que o expulsou aos 9 minutos de partida.

SPORTV: Pivô do principal erro de arbitragem no empate por 2 a 2 entre Vitória e Flamengo no Barradão, na noite deste sábado, o meia Everton Ribeiro mostrou revolta na saída do estádio. O jogador não poupou a arbitragem, que o expulsou aos 9 minutos de partida.

No lance, o árbitro Wagner Reway deu cartão vermelho para o atleta por interpretar que ele salvou o chute de Rhayner com a mão quase em cima da linha. A bola, no entanto, pegou no rosto do jogador. Pênalti marcado e gol de empate do Vitória.

- Ele estava muito seguro. Lance muito rápido, não passou nem perto da mão. Tentei ajudar ele, conversou com o auxiliar do lado do gol, que está ali só para isso. Fico indignado, atrapalha o time, meu próximo jogo. Atrapalha muita gente - disse Everton, que prosseguiu a reclamação:

Erro da arbitragem ao expulsar Everton Ribeiro em Vitória x Flamengo - Foto: Reprodução
- Não tinha como dar essa mão. Ele falou que com certeza bateu na minha mão. Eu falei que ele e o auxiliar estavam errados. Não adianta pedir desculpas depois.

Com um a menos desde o início do jogo, o Flamengo, que havia aberto o placar com Paquetá aos 16 segundos, ainda conseguiu marcar o 2 a 1 no segundo tempo, com Réver. Porém, voltou a sofrer o empate, em cabeçada de Denilson.

O Flamengo volta a jogar na quarta-feira, desta vez pela Libertadores, contra o Independiente Santa Fé, da Colômbia, às 21h45, no Maracanã. O jogo será com portões fechados. Pelo Brasileiro, recebe o América-MG no sábado, no Maracanã, às 19h, na despedida do goleiro Júlio César.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget