Flamengo avança por acordo de 3 anos pelo Engenhão

A ideia é estabelecer uma cláusula que permita o encerramento do acordo ao fim de 2018 ou, no máximo, no começo de 2019.

O GLOBO: A negociação entre Botafogo e Flamengo pelo aluguel do estádio Nilton Santos está sofrendo uma mudança de rumo. É que a diretoria rubro-negra está repensando a ideia de fechar um acordo com duração de três anos pelo uso do estádio. A ideia é estabelecer uma cláusula que permita o encerramento do acordo ao fim de 2018 ou, no máximo, no começo de 2019. O intuito é resguardar uma válvula de escape para a nova gestão do clube, já que o mandato de Eduardo Bandeira de Mello está nos últimos meses.

Além disso, o Flamengo está estudando um número específico de partidas para fazer no estádio, uma espécie de teto, o que seria uma realidade distinta da prevista no começo das conversas com o alvinegro.

Torcida do Flamengo no Engenhão - Foto: Alexandre Vidal
Com a rediscussão dos termos, o Botafogo aguarda um posicionamento do Fla sobre o assunto nesta semana para saber se avança ou não nas tratativas. O fato é que, com a mudança de ideia no lado rubro-negro, a diretoria do Bota entende que - diante de um acordo com menor duração - é cabível aumento no valor cobrado pelo aluguel do estádio.

Na negociação inicial, cujos termos foram explicados em uma reunião no Conselho Deliberativo do Botafogo no fim de março, a diretoria alvinegra pediu um valor escalonado de aluguel, levando em conta a expectativa de público presente. O custo por jogo variaria entre R$ 120 mil, para jogos com menos de 10 mil presentes, e R$ 370 mil, com público estimado de mais de 30 mil pessoas.

No mesmo enredo de negociação entra a permissão ao Flamengo para colocar o escudo no centro do gramado do Nilton Santos antes e no intervalo das partidas. Alguns conselheiros torceram o nariz para a concessão, mas a diretoria do Botafogo trata o assunto como encerrado, com o aval para o Fla ocupar o espaço da forma que quiser.

NEGOCIAÇÃO PELA LIBERTADORES

Paralelamente à conversa em prol de um contrato mais longo, Botafogo e Flamengo discutem os termos para uso do Nilton Santos no jogo do rubro-negro pela Libertadores, contra o Independiente Santa Fe, da Colômbia, pela segunda rodada da fase de grupos. A Conmebol já anunciou que a partida do dia 18 de abril será no estádio alvinegro, mas o responsável pelo palco assegura ter sido pego de surpresa.

Contra o River Plate, o Flamengo pagou R$ 250 mil de aluguel aos botafoguenses, que também cogitam cobrar um pouco mais, já que consideram a primeira partida como um "aperitivo".


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget