Flamengo recebe da Caixa mais que o dobro de segundo colocado

Atlético-MG, Cruzeiro, Santos e Vasco receberam R$ 11 milhões pela última temporada.

GLOBO ESPORTE: O Flamengo recebeu, em 2017, mais que o dobro do valor de patrocínio da Caixa Econômica Federal do que qualquer outro clube sob contrato com a estatal. Até o ano anterior, o Corinthians liderava a lista, com R$ 30 milhões anuais, mas o contrato foi encerrado em abril do ano passado.

Os rubro-negros recebem R$ 25 milhões anuais e, empatados em segundo lugar na lista, Atlético-MG, Cruzeiro, Santos e Vasco receberam R$ 11 milhões pela última temporada – a Raposa, contudo, teve um bônus da estatal de R$ 500 mil pelo título da Copa do Brasil.

Foto: Gilvan de Souza
Vale destacar o crescimento de alguns contratos em relação a 2016, como o do Botafogo, por exemplo. O clube saltou de um acordo de R$ 1,4 milhão para R$ 10 milhões em 2017. O Avaí, de Santa Catarina, passou de R$ 400 mil para R$ 4 milhões. O Bahia triplicou sua verba, passando de R$ 2 milhões para R$ 6 milhões.

O Vasco, que já chegou a receber R$ 15 milhões por ano, recebeu R$ 9 milhões em 2016, subindo para R$ 11 milhões no ano seguinte.

Já o Atlético-MG, que recebeu R$ 12,5 milhões em 2016, viu seu contrato cair para R$ 11 milhões em 2017, ano no qual o Figueirense também perdeu dinheiro, com seu contrato que era de R$ 4 milhões passando para R$ 2,4 milhões.

A atual distância entre o atual contrato rubro-negro e os demais faz com que o valor empregado pela Caixa para patrocinar cinco competições em 2017, entre elas a Série B do Brasileiro, o Brasileiro Feminino e a Copa Nordeste, não atinja o montante pago ao clube da Gávea.

Os cinco torneios receberam no total R$ 18,6 milhões no ano passado de patrocínio, sendo a maior fatia para o Brasileiro Feminino, com R$ 10 milhões, seguido da Copa Nordeste, com R$ 3,6 milhões. A Série B ficou com R$ 2,2 milhões, a Copa Verde com R$ 2 milhões e o Sergipano com R$ 800 mil.

Veja a lista de patrocínios da Caixa Econômica Federal no futebol em 2017:

ABC – R$ 1.500.000
América-MG – R$ 2.000.000
Atlético-GO – R$ 4.000.000
Atlético-MG – R$ 11.000.000
Atlético-PR – R$ 6.000.000
Avaí – R$ 4.000.000
Bahia – R$ 6.000.000
Botafogo – R$ 10.000.000
Brasil de Pelotas – R$ 1.500.000
Ceará – R$ 2.400.000
Coritiba – R$ 6.000.000
CRB – R$ 1.500.000
Criciúma – R$1.500.000
Cruzeiro – R$ 11.500.000*
Figueirense – R$ 2.400.000
Flamengo – R$ 25.000.000
Goiás – R$ 2.800.000
Londrina – R$ 1.500.000
Náutico – R$ 2.400.000
Paysandu – R$ 2.000.000
Ponte Preta – R$ 4.000.000
Santos – R$ 11.000.000
Sport – R$ 6.000.000
Vasco – R$ 11.000.000
Vila Nova – R$ 2.000.000
Vitória – R$ 6.000.000

* O valor do Cruzeiro inclui bônus de R$ 500 mil por título da Copa do Brasil.




Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget