Flamengo tem recurso por aluguel mais barato no Maracanã negado

O GLOBO: A Justiça decidiu nesta quarta-feira negar um recurso do Flamengo em processo contra a concessionária que administra o Maracanã. Na prática, a medida mantém em vigor os termos do contrato firmado entre o clube e administração do estádio para os cinco jogos do rubro-negro como mandante na reta final do Brasileirão de 2017. Desta forma, o Maracanã fica "livre" para cobrar um valor de aluguel que varia de R$ 250 mil a R$ 700 mil, dependendo do porte da partida.

O agravo de instrumento foi discutido na 17ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ). Por maioria, foi derrubada uma decisão preliminar tomada em novembro do ano passado - e reforçada em 18 de dezembro -, que limitava o valor do aluguel entre R$ 150 mil e R$ 500 mil. O Flamengo entrou com a ação para tentar ter condições similares ao Fluminense no uso do estádio. O tricolor paga R$ 100 mil/jogo de aluguel, algo que, segundo a concessionária, não cobre as custas do estádio.

Flamengo no Maracanã - Foto: Fernanda Dacache
Apesar da decisão, a relação entre clube e Maracanã está melhorando. O Flamengo, inclusive, escolheu o estádio para o jogo contra o Independiente Santa Fe, da Colômbia, pela Libertadores. A partida terá portões fechados e chegou a ser marcada para o Nilton Santos. A diretoria rubro-negra ouviu uma proposta de aluguel do Botafogo - maior que os R$ 250 mil do jogo contra o River Plate -, mas pediu à Conmebol para jogar no Maracanã.

O Flamengo também fará no Maracanã a primeira partida como mandante no Brasileirão - o jogo é contra o América-MG e marcará a aposentadoria do goleiro Júlio César. Mas há conversas entre clube e administração do estádio para a realização de mais partidas lá. A busca é por um novo modelo de relação entre as partes.

TERRENO DA AVENIDA BRASIL

O assunto estádios está palpitando no Flamengo. Enquanto prevê mais 60 dias para reinstalar as torres de iluminação da Ilha do Urubu, o rubro-negro já decidiu que não exercerá a prioridade de compra do terreno na Avenida Brasil. O prazo expira em 20 de abril. A informação inicial foi do "Blog Ser Flamengo".

O clube ainda faz estudos técnicos para avaliação de outros dois terrenos, em locais não revelados. Sobre o ponto na Avenida Brasil, a violência nos arredores é um fator que pesa contra, ainda que a diretoria reconheça que, na situação atual do Rio de Janeiro, não tem muito para onde correr.


O Flamengo entrou com a ação para tentar ter condições similares ao Fluminense no uso do estádio.



Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget