Flamengo tentou a contratação de Juninho, do Palmeiras

O defensor queria jogar mais vezes, recebeu o aval da direção alviverde e despertou interesse de Atlético-MG e Flamengo.

UOL: Encostado no Palmeiras, o zagueiro Juninho pediu à diretoria palmeirense para ser negociado com alguma outra equipe da Série A do Campeonato Brasileiro. Com apenas três jogos no ano, o defensor queria jogar mais vezes, recebeu o aval da direção alviverde e despertou interesse de Atlético-MG e Flamengo. No fim, o ótimo relacionado estabelecido entre os clubes pesou para que o defensor escolhesse Belo Horizonte em vez do Rio de Janeiro.

Ao contrário das temporadas anteriores, quando montou elencos caros e times recheados de grandes nomes, o Atlético foi obrigado a mudar sua postura no mercado. Em uma situação financeira bastante delicada - o prejuízo em 2017 foi de R$ 25 milhões -, o Galo deixou de lado os grandes salários para apostas em trocas e jogadores contratados por empréstimo.

Foto: Divulgação
Foi aí que o Palmeiras se tornou um grande aliado. O clube alviverde passou por um processo semelhante alguns anos atrás, com contratações mais modestas e prioridade para a recuperação financeira. O Palmeiras colhe os frutos da escolha e atualmente é o time do país com o maior poder de investimento. O resultado é um elenco farto de opções, o que deixa muitos jogadores de qualidade com poucos minutos em campo.

Arouca, Erik e Róger Guedes foram os três primeiros atletas emprestados pelo Palmeiras ao Atlético. Em contrapartida, o Galo liberou Marcos Rocha com os direitos fixados em 2 milhões de euros (R$ 8,4 milhões na cotação atual). Já os jogadores que desembarcaram na Cidade do Galo não têm os direitos fixados e Arouca é o único que tem o salário dividido entre os clubes.

Foi justamente essa boa relação estabelecida no fim do ano passado, quando Sérgio Sette Câmara foi eleito presidente do Atlético e nomeou Alexandre Gallo como diretor de futebol, que fez a equipe alvinegra superar o Flamengo na disputa por Juninho. Assim como acontece com Róger Guedes e Erik, o salário será pago integralmente pelo Atlético e os direitos de Juninho não foram fixados. O zagueiro custou R$ 10 milhões ao Palmeiras em maio do ano passado.

A negociação está toda fechada, e o jogador só precisa ser aprovado nos exames médicos e assinar o contrato para que tudo seja oficializado. A expectativa é que o décimo reforço atleticano para 2018 seja anunciado já neste fim de semana, pois Juninho chegou a BH na noite dessa sexta-feira (27), para passar pelos procedimentos finais para que a transferência seja concretizada.



Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget