Há 39 anos, Pelé vestia a camisa do Flamengo

O Rei do Futebol aceitou defender o Flamengo pela primeira e única vez em uma partida beneficente contra o Atlético-MG.

GLOBO ESPORTE: Rei do Futebol, Pelé encerrou a carreira profissional no futebol tendo defendido somente três camisas: a do Santos, a do New York Cosmos e a da Seleção. Mas, após pendurar as chuteiras, o eterno camisa 10 também teve o que se pode chamar de "pelo menos um dia de Rubro-Negro".

O ano era 1979. Sem atuar há aproximadamente dois anos, o Rei do Futebol aceitou defender o Flamengo pela primeira e única vez em uma partida beneficente contra o Atlético-MG, para arrecadar fundos para vítimas de uma enchente em Minas Gerais.

Pelé com a camisa do Flamengo - Foto: Reprodução
Vestindo a 10 de Zico, que aceitou trocar de camisa e usar a 9 para atuar ao lado do Rei, Pelé disputou o primeiro tempo do confronto, que reuniu 139.953 pagantes no Maracanã. Sem marcar gols, o eterno Camisa 10 do Brasil viu de perto a estrela do Galinho brilhar.

Mesmo atuando com a 9, Zico, como de costume, naquela noite festiva, incorporou o espírito 10 e Faixa e conduziu o Flamengo a uma vitória por 5 a 1 ao marcar três vezes.

Apesar de amistosa, a partida é lembrada pelos rubro-negros com carinho por ter reunido pela única vez dois dos maiores camisas 10 da história do futebol lado a lado no Flamengo. Há exatos 39 anos.


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget