Júlio César brilha, Barbieri irrita

JORNAL DO BRASIL: Por Renato Maurício Prado

Se a ideia era dar oportunidades para que Júlio César fizesse boas defesas e brilhasse no dia de sua despedida, funcionou. O Flamengo venceu por 2 a 0, mas levou um baita calor do América Mineiro, principalmente no segundo tempo. Uma vez mais, o rubro-negro decepcionou e a vitória sem brilho aconteceu graças a uma jogada individual de Vinícius Jr. (fazendo cruzamento perfeito para Henrique Dourado marcar) e a um pênalti sofrido e cobrado pelo centroavante, autor dos dois gols.

A noite foi do goleiro do Fla, que fez várias grandes defesas e levou sustos, com uma bola no travessão e outras que foram para fora, mas passaram perto. Destaque negativo para o técnico interino Maurício Barbieri que, aos 27 minutos do segundo tempo, colocou mais um volante em campo e tirou Vinícius Jr., o melhor do time. Mexida covarde e pouco inteligente, típica de quem não tem a menor condição de dirigir o Flamengo.

Júlio César no Flamengo - Foto: Buda Mendes/Getty Images
Hombre?!?!

Na relação de goleiros do Flamengo que citei, na coluna de ontem, a pretexto de falar da despedida de Júlio César, acabei me esquecendo de Dominguez, grande goleiro argentino que, já em final de carreira, defendeu o Fla, em 1968 e 69. Já não tinha a agilidade dos tempos em que defendeu a seleção de seu país e o Real Madrid, mas teve seus bons momentos, que, infelizmente, acabaram esquecidos na final do estadual de 69 (Flu 3 x 2 Fla), quando falhou no primeiro gol tricolor, de Wilton, e ainda foi expulso ao reclamar veementemente com o juiz Armando Marques. Eu estava no Maracanã e vi a falha e o descontrole.

Reza o folclore da época que Dominguez teria corrido para cima do Armandinho, berrando, enfurecido: “Hombre, fue falta”!

E o afetado juiz, de dedinho, em riste: “HOMBRE? No! Fuera”!

Se o inusitado diálogo ocorreu ou não, impossível dizer. Fato é que, depois desse jogo, começaram a correr, na Gávea, boatos de que o goleiro teria se vendido (não acredito) e pouco depois o Flamengo tratou de se livrar dele.

Mexida covarde e pouco inteligente, típica de quem não tem a menor condição de dirigir o Flamengo.



Postar um comentário

[facebook]

FlamengoResenha

{facebook#https://www.facebook.com/FlamengoSouRubroNegro} {twitter#https://twitter.com/FlamengoResenha} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/107993712547525207446} {youtube#https://www.youtube.com/channel/UCiHkjDj2ljgIbiv_zUvdG6g/videos}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget